Panfleto, flyer ou folder?

Panfletos, flyers, folders, mais uma infinidade de papeizinhos que pode deixar qualquer um de cabelos em pé na hora de escolher aquele que melhor atenda às necessidades.

Ao montar uma peça de divulgação impressa, deve-se primeiramente traçar estratégias com base no público-alvo, objetivos comunicacionais, mercado e aspectos visuais. Somente assim é possível saber o material que trará maior retorno para o valor investido.

Para simplificar, montamos um pequeno guia com as particularidades de cada um desses materiais e as maneiras mais adequadas para usá-los.

Panfleto

De acordo com o dicionário Oxford da língua inglesa, a história do panfleto teve início na Inglaterra, ainda no século XII, quando circulava por lá um curto poema em latim intitulado “Pamphilus seu de amore”, posteriormente traduzido para o inglês com o nome “Phamphlet”. Desde então, qualquer texto publicado em um pequeno pedaço de papel passou a ser chamado de “pamphlet”, que no português virou “panfleto”.

Tempos depois, os panfletos passaram a ser distribuídos com textos satíricos de afronta ao sistema político e religioso, o que ainda acontece em alguns lugares.

Hoje em dia, além de servirem para propagar ideias e opiniões, os panfletos são usados para divulgar lançamentos de produtos, serviços e informações sobre variados assuntos. Isso porque são impressos em grande tiragem por um custo muito baixo e sua distribuição é indiscriminada, alcançando vários tipos de públicos de maneira imediata.

Flyer

Este tipo de material surgiu com o desenvolvimento da publicidade e avanço das técnicas de impressão. Seu nome provém do inglês e quer dizer “voador”. Isso significa que, assim como o panfleto, o flyer é um material de distribuição massiva e deve ser pensado de forma a impactar o cliente à primeira vista, já que em alguns casos a entrega é feita em lugares onde as pessoas passam apressadas, prática esta não muito recomendável.

Para que sua distribuição seja eficaz e se converta em resultados, é aconselhável deixar o material em locais estratégicos, como salas de espera em escritórios e consultórios, academias, lanchonetes, salões de belezas, entre outros estabelecimentos em que a pessoa tenha tempo hábil de ler e processar as informações que você pretende passar. Além disso, sugerimos que seja acrescentada a frase “Não jogue este papel no chão. Mantenha a cidade limpa“, assim, além de não poluir a cidade, quem receber a sua peça irá guardá-la até chegar em casa, onde poderá analisa-la com mais calma.

A diferença entre o flyer e o panfleto está na complexidade da produção. Enquanto o panfleto é impresso de forma mais básica, o flyer tem um trabalho de criação mais requintado, com imagens impactantes, cores vivas e impressões especiais. É um material bastante atrativo e por isso costuma ser usado para divulgar inaugurações, festas e eventos.

Folder

Assim como as anteriores, a palavra “folder” deriva de um verbo da língua inglesa e em português quer dizer “dobrar”. São exatamente estas dobras que o diferencia dos outros materiais impressos, com a vantagem de oferecer mais espaço para a difusão de textos e imagens.

Este é o material perfeito para uma apresentação mais detalhada, seja de uma empresa, de um curso ou até mesmo de um projeto. Organizam-se em dois grupos: folders institucionais, que têm objetivo apresentar informações corporativas; ou folders promocionais, destinados a divulgar produtos, serviços e eventos.

Existem diversos estilos de dobras, das mais simples às mais elaboradas, podendo variar entre uma simples dobra ao meio, ou formato sanfona, carta, aerograma e mais uma infinidade de formas que podem ser exploradas por um bom designer, que é o profissional especializado em criar materiais atrativos e fazer com que eles se destaquem entre tantos outros que os seus clientes certamente recebem.

O folder pode ser confeccionado em diversos estilos, com ou sem encaixe, impresso em papel fosco ou brilhante, geralmente mais espesso que os panfletos e flyers. Contudo, independentemente do formato escolhido, normalmente a capa será destinada a estampar a sua marca, as informações detalhadas ocuparão a parte interna e a última face mostrará o endereço do estabelecimento, números de telefone e website, se houver.

Em resumo

DiferençasAgora que você já conhece as particularidades de cada material e suas diferentes formas de uso, escolha aquela que esteja de acordo com as estratégias da sua empresa. Veja os nossos produtos e faça uma cotação com a gente.