Publicado em

Os Impressos que todo E-commerce deveria utilizar

Com o avanço da tecnologia, as empresas vêm migrando cada vez mais para o ambiente virtual. Muitas vezes, já não há a necessidade de manter um escritório físico, podendo se posicionar apenas na internet, e com resultados até melhores por haver a economia com aluguel ou compra de espaço.

E não é diferente com a área do comércio. Sem precisar mais de lojas físicas, muitos já mudaram para lojas online por economia ou praticidade – ou até mesmo já nasceram diretamente posicionados como e-commerce. Mas, só porque está presente prioritariamente na web, não significa que o seu negócio também não possa fazer uso de materiais impressos.

Afinal, a cada entrega de produto que o seu e-commerce realize, é possível aproveitar para chamar atenção para outros que você disponibiliza – ou ainda para promoções, oportunidades e marcas parceiras, entre outras opções. Por isso, saiba o que pode fazer para incluir impressos na sua loja virtual.

Informativos

Seja através de um simples panfleto ou um folder mais elaborado, informar o cliente que comprou com você de outras possibilidades que sua empresa oferece é sempre válido. Você pode enviar junto a embalagem informações de produtos similares que possam ser do interesse, ou ainda itens que estejam em promoção – ainda mais interessante na proximidade de datas comemorativas como Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal.

O panfleto (ou folheto) tem menos espaço, exigindo que a comunicação seja mais direta e curta. Apenas imagens com uma pequena descrição dos produtos, além dos preços, é claro, já bastam.

Já no folder, que funciona como um pequeno livreto de três dobras e contém mais espaço, é possível desenvolver mais: seja com mais opções de compra para o cliente ou explicando melhor cada item divulgado, bem como falar sobre outras ações da empresa, como a responsabilidade sócio-ambiental, por exemplo.

Descontos

Também é interessante apresentar, por exemplo, descontos para o cliente que já fez a compra com você. Assim, cresce a possibilidade de fidelização, fazendo com que ele possa se tornar um consumidor fixo do seu e-commerce.

A medida pode ser tomada enviando um flyer dentro da caixa do produto, contendo um código para desconto a ser inserido na próxima compra em sua loja virtual. Também pode ser incluído no panfleto ou folder descritos acima.

 

Além dos materiais citados, dependendo do segmento que você atua, pode também enviar um marca livros, um catálogo de todos os seus serviços, um calendário se for início do ano, um cartão de visitas ou até um imã de geladeira com seu telefone ou contato rápido, entre outras opções.

O Diferencial

Seja como for, enviar um material impresso junto ao produto que foi adquirido já o marca como diferencial em relação a outros e-commerces. A maioria da concorrência costuma só enviar o objeto de compra e a nota fiscal ao cliente, perdendo a oportunidade de criar uma ligação maior com ele.

 

 

Ao escolher os impressos que deseja produzir para enviar, procure sempre uma gráfica de confiança. Além de garantir o resultado final que você deseja, ela também pode auxiliá-lo nas melhores maneiras de fazer o que tem em mente, com dicas para garantir uma impressão de qualidade.

Para saber mais, acesse www.mediatall.com.br e conheça melhor a gráfica que entrega em até 24 horas para você!

Publicado em

Como Divulgar sua Loja Física e Virtual via Buscadores

Com o surgimento de novas técnicas na internet que permite realizar divulgações distintas, é possível conseguir ter sucesso em sua loja virtual ou física utilizando os motores de busca a seu favor. O Google, Yahoo!, Bing, entre outros buscadores, permitem divulgar marcas, de forma gratuita ou paga, aos usuários que possam demonstrar seu interesse pelos produtos ou serviços específicos. Os motores de busca possibilitam que sua loja virtual ou loja física seja encontrada com o objetivo de aumentar a sua divulgação e popularidade diante dos usuários.

Divulgando sua loja nos buscadores

Os motores de busca possibilitam que as lojas virtuais e lojas físicas coloquem seus endereços online em seus “bancos de informação” para que apareçam como resultados caso a busca esteja relacionada aos seus objetivos. As lojas virtuais ganham vantagem, pois já possuem endereço e links indexados nos buscadores.

Para as lojas físicas – que não possuem um endereço online – pode ser mais complexo colocar suas informações nos motores de busca, mas há casos como o Google que oferece o serviço “Google Meu Negócio” para cadastrar sua loja na internet. Este serviço oferecido pelo Google permite cadastrar o nome da loja física, seu endereço e ainda informações relacionadas as formas para entrar em contato e o seu horário de funcionamento. Este tipo de informação passa a ser muito válida, principalmente quando ocorrem pesquisas que estejam relacionadas com a localização da loja, de forma que, mesmo sem endereço virtual, a loja apareça nos resultados.

De forma geral, vale destacar que alguns motores de busca permite que a loja física e virtual acrescente suas informações de maneira gratuita ou paga.

Colocando sua Loja Física ou Virtual nos Buscadores

No caso das lojas virtual este processo pode ser bem mais simples, pois elas já possuem um endereço na World Wide Web (o famoso www.minhaloja.com.br) o que facilita divulgá-la gratuitamente nos buscadores. Por exemplo, o Google e o Bing são motores de busca que permite que os responsáveis pelas lojas virtuais acrescentem seus endereços em formulários que passam a considerá-los toda vez que uma pessoa fizer uma pesquisa com relação à linha de produtos ou serviços que a loja virtual oferece.

O mesmo pode ocorrer com as lojas físicas, mas também ocorre a necessidade de se ter um endereço na internet. Para aquelas que tem ao menos um endereço em redes sociais ou algo do tipo, o processo passa a ser o mesmo que o das lojas virtuais. Já para aquelas que não possuem é possível optar por serviços parecidos com o Google, sendo que esse buscador é um dos mais populares entre os usuários e que pode gerar um retorno muito maior, principalmente se optar pela divulgação segmentada e paga.

Divulgação nos buscadores de forma paga

No caso do Google, as lojas virtuais e as lojas físicas podem optar pelo motor de busca para divulgar suas lojas de maneira mais eficaz e que permite chegar exatamente até o público-alvo que deseja.

O Google possui dois sistemas que permite que as lojas físicas e virtuais realizem anúncios no seu motor de busca, que seria o Google Adwords e também a sua versão Express – voltada para lojas físicas que desejam realizar ações de divulgação apenas no local onde se encontra a sua loja. Com ambos os sistemas, as lojas passam a ter mais possibilidades de serem reconhecidas pelos buscadores.

Nos próximos posts vou falar mais sobre os Links Patrocinados, isto é, a publicidade paga no Google.

Publicado em

Como é ter um E-commerce em tempos de crise?

O e-commerce é caracterizado como o comércio eletrônico que permite a um empreendedor específico realizar a venda de seus produtos através da internet. A partir disso, os usuários localizados em locais distintos passam a ter acesso aos produtos e serviços de uma empresa, acessando via computador, celulares ou tablets. O conceito está ok, mas uma dúvida pode permanecer: como funciona exatamente o e-commerce? Vamos abordar alguns aspectos a seguir.

O e-commerce, ou loja virtual em bom português, nos últimos anos tem ganhado maior visibilidade dos usuários por conta da facilidade que elas promovem ao consumidor e ao lojista, sendo que alguns ainda ofertam produtos diferenciados e que com preços mais módicos que uma loja física, com a facilidade de recebê-los no local que desejar.

Características de um E-commerce

É através de um planejamento que você irá definir características importantes do negócio, criando e delimitando o mercado de atuação, elaborando o plano de negócio, definindo sobre a abertura da empresa, os custos e receitas que o e-commerce terá, além da sua definição de metas, ações para ajudar a divulgá-lo e assim em diante.

O e-commerce é constituído basicamente por três pilares que visam deixar o negócio online organizado e pronto para receber usuários:

1) Sistema
2) Gestão
3) Marketing

Juntos, estes itens são fundamentais para ajudar a realizar um bom planejamento e fazer com que o empreendimento seja um sucesso, com vendas e reconhecimento da marca.

O primeiro pilar chamado de Sistema permite definir todos os processos que possam envolver o projeto, como a escolha da plataforma onde o e-commerce realizará suas vendas. Existem várias disponíveis, basta escolher a que melhor se adequa aos seus produtos e ao seu estilo de gestão.

O segundo pilar chamado de Gestão é basicamente tudo que possa envolver o dia-a-dia do e-commerce. Essa gestão irá permitir que a pessoa responsável pelo empreendimento configure informações importantes como a definição dos produtos, gestão do estoque, o conteúdo divulgado, os preços dos produtos, as promoções, o frete e a logística envolvida, a comunicação visual do e-commerce, além de diversos outros fatores que permitem a interação com os usuários.

O último pilar é o Marketing, um dos fatores importantes para o sucesso do e-commerce. Através do marketing ocorre a possibilidade de divulgar aos públicos quais os serviços e produtos que seu e-commerce oferece e ações que permita chamar a atenção de novos potenciais clientes. O marketing é muito importante nos dias atuais, pois ele permite criar estratégias que podem fixar a imagem do empreendimento nos consumidores e lucrar a partir disso.

O marketing também pode ser utilizando em ações de pós-venda, onde o importante é fazer com que o cliente tenha uma boa experiência de compra e sinta-se importante diante da marca. Esta ação é uma forma de fidelizar clientes e garantir que sua reputação seja positiva. Afinal, é comum que um cliente passe para o outro quais são as lojas mais confiáveis e o quanto o seu atendimento pode ter sido bom.

Por que investir em um e-commerce?

O e-commerce tem sido anunciado como um dos negócios que mais cresce ao longo dos anos em todos os locais do mundo, sendo que no Brasil alguns empreendimentos já tiverem um crescimento importante só no primeiro semestre de existência.

Vale destacar que com o auxílio de boa gestão e ações de marketing é possível conquistar o sucesso desejado com o empreendimento, por isso é válido apostar no e-commerce mesmo diante da crise.

Escolha uma boa plataforma, que seja fácil de utilizar e interaja bem com seus clientes. Além disso, pense em um design clean e teste sempre a usabilidade e navegabilidade da sua loja, para que seus consumidores encontrem de maneira fácil seus produtos e tenham o processo de compra bem definido e objetivo. Defina bem sua logística, seus processos e seja claro com seu consumidor na hora da divulgação. Com isto, seu e-commerce ganhará credibilidade e fidelizará seus clientes, que voltarão sempre e ficarão satisfeitos.

No próximo post, vamos tratar da parte do Marketing Digital da sua loja via buscadores. Fique ligado!

Publicado em

A importância de uma Loja Virtual na nova Economia Digital

Possuir um negócio próprio é um sonho para muitos, e uma realidade para outros tantos que tem o desejo constante de ver o seu empreendimento fazer sucesso. Com as constantes mudanças no mercado e a circulação de conteúdos novos e diversos pelo mundo em uma velocidade recorde, é necessário manter-se sempre atualizado com tudo o que ocorre a nossa volta. Por isso, é chegada a hora de você ampliar os seus negócios e atingir um novo público-alvo. Como? Com uma loja virtual!

Por que criar uma Loja Online?

Os motivos para se criar uma loja online são muitos, desde alcançar novos públicos até fidelizar ainda mais seus clientes antigos. Através de um e-commerce você poderá fazer vendas para qualquer parte do país, e até do mundo, algo que você não poderia viabilizar com sua loja física.

Além disso, seu empreendimento estará “aberto” 24 horas por dia, nos 7 dias da semana, e qualquer pessoa poderá conhecer seus produtos no período mais adequado para ela, sem precisar que você esteja lá para atender.

Os custos para se manter uma loja virtual também são um outro atrativo para quem busca empreender neste setor. Manter uma loja virtual custa muito menos que arcar com o valor fixo e variável de uma loja física, além de apresentar uma gama de facilidades para empreender sem abrir um rombo no seu orçamento.

A aproximação com o seu público-alvo também são um fator de destaque para a sua futura loja online, visto que o contato com cliente em todo o país é direto e rápido, podendo fazer sua empresa se destacar em um nicho de mercado com clientes distribuídos em todo o território nacional. Imagine poder estar frente a frente e sempre disponível para os clientes que se interessam em seus produtos? Isso a internet propicia para o seu negócio!

Por onde começar?

Para ter sua própria loja virtual você precisará primeiramente de um domínio na internet e um servidor para hospedar o sua loja. O primeiro é o nome da sua página na rede, o popular nomedasualoja.com.br (ou apenas .com). O custo para adquirir um domínio é baixo, variando entre R$ 30 e R$ 50,00.

A hospedagem, por sua vez, é algo um pouco mais complexo, pois neste espaço ficará armazenado todo o conteúdo da sua loja virtual. Portanto, escolher uma empresa séria e preocupada com a segurança dos dados é fundamental!
Construir sua loja é o próximo passo. O valor de um e-commerce é bastante variável de acordo com seus interesses, necessidades e recursos que estarão disponíveis (formas de pagamento, integração com Correios ou transportadoras, integração com redes sociais, entre outros).

Entretanto, não se desespere: há opções de preços para todos os bolsos e certamente você encontrará a melhor opção para a sua empresa!

Loja pronta e agora?

Tendo sua loja pronta é hora de promovê-la e encontrar o seu público.

Comece com seus clientes físicos, utilize das redes sociais como uma ferramenta de diálogo direto e foque no grupo certo para desenvolver o seu potencial. Tendo isso em mente e com uma campanha de marketing bem direcionada, você já poderá começar a colher os lucros com seu novo empreendimento totalmente digital.

Não são passos complexos que o separam do seu negócio na internet, basta se inteirar do que vem sendo feito, focar no seu nicho de mercado e fazer um pequeno investimento para começar a trabalhar online.

Para te ajudar a definir seu plano de negócios e ter sucesso com sua loja virtual, nos próximos posts irei apresentar, passo-a-passo, todas as possíveis estratégias e como fazer seu marketing digital dar resultados satisfatórios!

As vantagens são inúmeras de ter uma loja virtual, afinal, agora seu empreendimento não tem mais fronteiras físicas com que se preocupar e poderá vender em qualquer parte do mundo, atingindo muito mais consumidores com um custo muito menor!

Não parece bom para você?

Não perca tempo! Me acompanhe nos próximos posts e transforme sua loja física em online!