Publicado em

Flyer: aprenda como usar para o sucesso da sua campanha

Já faz tempo que o flyer é usado como forma de promover eventos, lançamentos e produtos pelos mais diversos segmentos. Esse tipo de material faz sucesso justamente pela rápida disseminação que promove, com a informação que deseja passar chegando em pouco tempo a muita gente. E daí vem o seu próprio nome, que em inglês significa ‘voador’.

As  campanhas de comunicação e marketing com impressos são estratégia recorrente para a maioria das empresas, principalmente aquelas que procuram divulgar uma novidade em locais próximos à sua área de atuação. E o flyer se destaca entre eles pelo custo-benefício e pela facilidade de distribuição.

O que é o flyer?

É comum encontrar quem confunda flyers com outros tipos de impresso, principalmente os folders. A grande diferença está no forma: enquanto o flyer tende a ser em uma só folha (frente e verso ou só frente), o folder costuma ser produzido em papel de tamanho A4 e com três dobras – formando uma espécie de livreto.  Importante notar também que flyer é o mesmo que panfleto ou folheto: todos são materiais impressos em dimensões parecidas, como 15×10 cm, 15×15 ou 15×20, por exemplo.

É justamente o tamanho reduzido que permite o grande alcance desse tipo de material. Afinal, fica mais fácil para quem recebe guardá-lo no bolso e ler depois quando as dimensões são pequenas. Assim, acaba sendo muito usado como forma de divulgar eventos e serviços, principalmente, mas também produtos e até mesmo para reforço de marca.

Como fazer flyers de sucesso?

Ao definir por sua campanha de marketing com o uso de flyers, chega a hora de pensar na produção do material ideal para o que deseja. E o grande atrativo deles são, realmente, o custo-benefício: por serem pequenos, a impressão é mais barata e se torna possível encomendara grandes quantidades sem gastar muito. Assim, o seu negócio garante uma ampla divulgação pagando pouco.

E não é difícil elaborar um flyer de sucesso para se comunicar de maneira rápida e efetiva com o público-alvo. Pense em um layout agradável, com cores e imagens que sejam condizentes com a mensagem que vai passar – e também com a identidade visual da marca (lembre-se que esse material precisa chamar a atenção de primeira!). Com o pouco espaço, não polua o material com excesso de informação em texto: seja sucinto e transmita em poucas palavras o que quer falar. Mas não se esqueça de dar todos os dados necessários ao leitor, como endereço e site da empresa.

flyer

A distribuição também é fator essencial para o sucesso da campanha. Procure locais de grande circulação de pessoas e que tenham um público dentro do que procura – os horários também são importantes. Por exemplo, se você mira jovens e adolescentes, entregar o flyer na saída de escolas ou universidades pode ser uma boa ideia.

Não esqueça da gráfica

É claro que definir com carinho a gráfica onde vai imprimir os flyers também faz toda a diferença. Escolha uma empresa que não só garanta a qualidade do produto final, como também ajude em todas as etapas, entregue dentro do prazo estipulado e ofereça um bom suporte pós-venda.

Venha conhecer a MediaTall, a gráfica que faz tudo isso e ainda entrega em até 24 horas para você!

Publicado em

Dicas práticas para criar seu Flyer ou Panfleto

Apostar em uma campanha com uso de impressos para divulgação de marca, produtos ou serviços pode render ótimos resultados a qualquer empresa. Embora seja mais costumeiramente usado pelo setor de comércio, esse tipo de comunicação apresenta bons resultados se feita da maneira correta – e distribuída nos locais adequados ao seu público.

Entre os materiais mais procurados estão o flyer ou o panfleto. Costumam ter a preferência de empresários justamente pelo excelente custo-benefício que possuem, exigindo pouco investimento e podendo gerar retorno satisfatório – mas, novamente, precisa ser tudo feito corretamente. E criar um impresso do tipo não é tão difícil quanto pode parecer.

Em um flyer ou panfleto é possível comunicar todas as informações desejadas, de acordo com os seus objetivos, e ser visto por muita gente. Com planejamento, organização e certeza do que quer, é possível ver os resultados aparecendo rapidamente. E para fazer o seu, fique de olho em algumas dicas práticas.

Escolhendo o material

Primeiramente é preciso entender as diferenças entre flyer e panfleto. O flyer é um material de dimensões pequenas, geralmente com menos informação e mais direto no assunto que deseja tratar. Para chamar atenção, aposta em cores vibrantes, imagens atraentes e textos chamativos. Ele é ideal para rápida disseminação de eventos, mas também é muito usado na divulgação de produtos e serviços.

Já o panfleto – ou folheto – é um impresso também de uma só folha, que pode ser aproveitado em frente e verso e com tamanho maior. Por isso, pode receber mais informação, mas ainda precisa ser bem claro e direto no que deseja transmitir para prender a atenção do leitor. Como tem mais espaço, pode ser melhor trabalhado na campanha.

As cores

O uso correto das cores é fundamental para chamar a atenção para o seu impresso. Nunca é demais lembrar que lançar mão de muitos tons diferentes – ou tons muito vibrantes conflitando – gera excesso de informação no material e atrapalha a leitura. Outro ponto importante é tentar manter a paleta sempre dentro da sua identidade visual: assim, o leitor se acostuma com certas cores relativas à marca e passa a associar elas a você.

As informações

Além das cores, é importante pensar em como vai distribuir as informações no impresso – seja ele um flyer ou panfleto. É fundamental desenvolver um texto curto, claro e direto, evitando coisas desnecessárias. Lembre-se de colocar seus dados de contato como endereço, site ou redes sociais. Deixe em evidência o que for mais importante – em fonte maior, em negrito, com uma cor diferente ou como quiser. A escolha da tipografia também pode fazer a diferença, e tente se ater a não mais que três. Cuidado também com as imagens, prezando sempre por uma alta resolução para maior qualidade.

O papel

Por fim, saber escolher o papel ideal para o seu impresso de campanha também faz a diferença para o sucesso dela. Papeis distintos trazem resultados distintos na hora da impressão, e uma decisão errada pode afetar negativamente a qualidade do material. O ponto principal é a gramatura: quanto menor, mais leve e, assim, também mais fácil de estragar ou rasgar. Gramaturas mais pesadas, porém, costumam aparecer apenas em cartões, nunca em panfletos ou flyers.

O último fator determinante para o sucesso da sua campanha com impressos é a escolha da gráfica. Procure sempre uma de confiança, que garanta a qualidade e o ajude também com dicas para que tudo saia como o planejado.

Venha conhecer a MediaTall, a gráfica que imprime em até 24 horas para você!

Publicado em

Sugestão para Acabamentos: saiba como escolher o ideal

Nem todo mundo está acostumado com o conceito de acabamento no meio gráfico. Na hora de definir como deseja a finalização de seu material impresso, muitos são pegos de surpresa e não sabem o que fazer. Mas a verdade é que os acabamentos são partes fundamentais de qualquer arte e podem fazer a diferença de uma campanha.

Qualquer peça recebe um acabamento antes de ser entregue. Existem os mais simples e conhecidos, como a envernização e a laminação, e outros mais sofisticados – como o hot stamping e o alto ou baixo relevo. Seja como for, o objetivo é diferenciar o material e/ou dar ênfase a algum ponto específico dele. Deixá-lo mais bonito e elegante é a consequência final.

Para tirar todas as dúvidas e ajudá-lo a escolher sempre o acabamento mais adequado para o que você procura, preparamos esse guia sobre cada um dos principais. Confira.

Verniz

O verniz é usado para melhorar a aparência do impresso e dar mais brilho a ele. Naturalmente, o tratamento deixa o material mais brilhoso, elegante e sofisticado. A envernização também realça as cores e traz maior credibilidade – pois não fica parecendo um trabalho amador ou feito sem cuidado.

O uso de envernização ocorre mais em cartões de visita, mas também pode ser usado com sucesso em flyers ou panfletos. Outro detalhe importante: a aplicação do verniz pode ser feita em toda a área ou apenas em um pedaço específico, valorizando essa parte que foi envernizada em relação ao resto.

Laminação

A laminação é outro acabamento que dá ao impresso sutil efeito fosco de refinamento, mas com mais sobriedade que um material brilhoso.  A aplicação é feita pela gráfica com aplicação de calor, dando uma aparência de elegância crua ao flyer ou panfleto. É ideal também para cartões de visita.

O tratamento com laminação ainda deixa o impresso mais forte e resistente. No entanto, não é qualquer tipo de papel que pode receber esse acabamento, então não deixe de entrar em contato com o profissional que vai imprimir seu material para ter certeza que o resultado sairá como desejado.

Relevo

Ainda no grupo de boas soluções de acabamento para sofisticar a sua campanha de marketing com impressos está o relevo. A aplicação de alto ou baixo relevo no material definitivamente apresenta um diferencial ao olhar do público, mostrando ao menos que o empresário investiu para fazer algo atraente e de boa apresentação. Apesar de ser elegante, é discreto e ideal para passar uma imagem de sobriedade.

O relevo pode ser aplicado em papeis com gramatura acima de 180 gramas. Embora seja mais encontrado em cartões de visita, também pode ser usado no seu flyer ou panfleto, contanto que com moderação e uma ideia bem pensada – para destacar determinado ponto ou informação do impresso.

Hot stamping

O hot stamping é aquele efeito metal que uma imagem ou fonte pode receber no impresso – muito comum em cadernos, por exemplo. A camada metalizada é fixada no material através da pressão em uma fita, derretendo o pedaço escolhido para aplicação e deixando ali a aparência diferente.

Não costuma ser aplicado em todo o impresso, justamente por ser bastante ousado e chamativo – sendo mais indicado para apenas algumas partes que se pretende destacar. Se feito da maneira correta, o hot stamping também pode dar uma sensação de elegância, mas cuidado: o excesso traz a imagem contrária, podendo ficar brega aos olhos do leitor.

***
Escolher o acabamento para impressos ideal em seu flyer ou panfleto pode ser uma decisão difícil. Pense bem no que deseja comunicar e atente para não ter excesso de informação no material – com cores, imagens e acabamentos “brigando por atenção”.

Após definir o que quer, chega a hora de pensar em onde vai imprimir. A MediaTall entrega em até 24 horas para você e contribui com todas as dicas que precisar para ter o resultado que espera. Venha nos conhecer!

Publicado em

Impressos fundamentais que toda loja deve ter no Natal e Ano Novo

Já passamos do Dia das Crianças, o que significa que a próxima grande data para o comércio já é o Natal! Além de todos ficarem mais felizes com a proximidade da comemoração, não dá para deixar de notar que o período significa aumento de vendas para qualquer lojista, não é?

Por isso mesmo, é preciso ficar muito atento ao que vai ser feito nas campanhas de marketing para atrair mais clientela durante todo o mês de dezembro. Realizar uma divulgação adequada de seus produtos e ofertas faz toda a diferença para se destacar em meio a tanta concorrência no mercado atual.

Para isso, os materiais impressos são fundamentais. Então saiba quais são os impressos imperdíveis para a sua loja para o período de Natal e Ano Novo!

Panfletos

O material mais versátil também é o carro-chefe da maioria das campanhas de marketing que utilizam impressos. No panfleto você tem espaço para colocar um ou mais produtos, ou ainda destacar suas principais promoções visando o período natalino. Também é possível fazer um conteúdo mais institucional, destacando qualidades ou histórias da loja e convidando o cliente a conhecer melhor. Não esqueça de colocar todas as informações relativas ao negócio, como endereço da loja, site, email e redes sociais.

Flyers

Os flyers possuem tamanho menor, mas se espalham mais rápido. Daí o nome em inglês, algo como ‘voador’. Destaque rapidamente um produto ou oferta especial mais atrativa e é só aguardar os resultados. Naturalmente, assim como o panfleto, é necessário escolher um bom ponto de distribuição, de preferência em locais próximos à loja com grande circulação de pessoas.

Banners

Outro impresso sempre interessante é o banner. Como é maior, pode ser afixado em locais públicos – também, sempre, de grande movimentação de transeuntes – com uma mensagem e uma imagem chamativos para atrair o olhar do público. Os banners também são ideais para divulgação de marca em vez de produtos.

Por estarem distantes do leitor, não são tão adequados para apresentar itens para venda. Por isso, vale mais a pena usá-los para campanha institucional, gerando reconhecimento de marca na cabeça dos clientes em potencial.

banner-mediatallCartões

E claro que não pode faltar o cartão de Natal! Um dos itens mais procurados durante a época é essencial para qualquer loja – e seja para vender aos clientes quanto para disponibilizar como brinde após a compra. Aposte em cartões com mensagens diversas de espírito natalino, mas não deixe faltar!

Calendários

Outro impresso bastante interessante para oferecer em sua loja. E, assim como os cartões de Natal, tanto podem ser colocados à venda como podem ser dados como brinde após uma compra. Com o fim do ano se aproximando, muita gente busca um calendário de 2017 para deixar em casa ou no escritório. Então vale a pena investir e encomendar alguns em dezembro.

***
Ainda dá para investir em outros materiais impressos com bons resultados para o Natal e o Ano Novo. Principalmente alguns que servem como brindes temáticos, como adesivos, marcadores de página ou vales-presente. De qualquer forma, já é hora de traçar sua estratégia de marketing para o fim de ano.

E não pense que está em cima da hora para encomendar o que deseja: a MediaTall imprime em até 24 horas para você! Venha nos conhecer melhor acessando www.mediatall.com.br!

Publicado em 1 comentário

Guia Completo: como criar flyers e panfletos no Photoshop

Qualquer empresa que deseje fazer uma campanha de marketing com materiais impressos pensa logo no uso de panfletos ou flyers para divulgar as informações necessárias. São as formas mais lembradas para realizar a comunicação pretendida pela marca, seja um novo produto ou serviço, uma promoção especial ou apenas reforço de branding para o público.

Embora negócios de maior porte recorram à contratação de profissionais especializados para fazer as artes da campanha, nem todo mundo pode se dar ao luxo dessa despesa. Mas, não é por isso que você precisa ficar sem o seu panfleto ou flyer. É possível criar tudo por conta própria através do Photoshop – ou softwares de edição de imagens semelhantes.

Vamos te ajudar passo a passo com o nosso guia completo. Confira!

Criando o seu próprio flyer ou panfleto no Photoshop

Para começar, com todo um planejamento de comunicação, você vai definir o que será colocado no material impresso. Toda a identidade visual passa por aqui, com paleta de cores a serem usadas, fontes mais adequadas, etc. Também é o momento de escolher as informações que serão passadas: produtos ou serviços, preços e tudo mais. Além disso, dados de contato da empresa são fundamentais, como endereço do site, telefone, email e redes sociais, entre outros.

A diferença entre o flyer e o panfleto é simples. O flyer é menor, e por isso tem espaço para receber menos informação. É melhor não poluir visualmente o material, focando em ofertas de um lado e dados da empresa do outro, por exemplo. Já o panfleto pode receber mais conteúdo, tanto na frente quanto no verso, reservando apenas um espaço para citar as formas de contato com a marca.

Tamanho

O panfleto costuma ser impresso em formatos A4 (21×29,7 cm), A5 (21×15 cm) ou A6 (15×10 cm), dependendo da intenção que tiver. Já o flyer é de menor tamanho, geralmente em 7,5×10 cm ou 9×5 cm.

Tipo de papel

Ambos os materiais são impressos em papel couché, geralmente no couché brilho. Esse papel tem dupla camada de revestimento em ambos os lados, garantindo maior resistência e textura lisa.

Cores

O padrão de cores usado para materiais como o cartão é o CMYK – ciano, magenta, amarelo e preto. Usando esse sistema no seu material de escolha (panfleto ou flyer), você assegura que o resultado impresso será o esperado. O outro sistema usado em softwares de imagem mundo afora é o RGB (vermelho, verde e azul), mas o maior objetivo deste é a visualização em telas como televisão, monitores, etc. Então, é essencial lembrar de definir como CMYK o padrão de cores na hora de iniciar o projeto no Photoshop.

Acabamento

É importante lembrar das margens e sangria, que podem ser inseridas no projeto. Outros tipos de acabamento precisam ser avisados à gráfica e adequados no design do panfleto ou flyer.

Passo a passo no Photoshop

  1. Após abrir o Photoshop, vá ao menu ‘Arquivo’ e clique em ‘Novo’ para iniciar o seu novo projeto. Na caixa que se abre já é possível escolher o tamanho que deseja: troque a opção ‘pixels’ por centímetros e determine as dimensões de acordo com o material escolhido, panfleto ou flyer (algo como 21 cm de altura por 15 cm de largura para panfletos ou 9×5 para flyers, por exemplo). Em ‘resolução’, coloque em 300 pixels/polegadas para assegurar alta qualidade no resultado final. Ainda na mesma caixa, altere o modo de cores para CMYK, o ideal para materiais impressos.
  2. Após clicar em ‘Ok’, você verá uma tela branca no tamanho que foi definido para o material impresso. É a partir de agora que começa a determinar o aspecto visual do panfleto ou flyer. Caso deseje alterar a cor de fundo da imagem, escolha a desejada com a ferramenta ‘balde de tinta’ e colora a tela. O primeiro passo deve ser a inserção das margens. Isso pode ser feito a partir do menu ‘Visualizar’, em ‘Réguas’. Pode escolher um número como 3 a 5 mm.
  3. O passo seguinte deve ser a inserção de imagens desejadas – retratando os produtos ou serviços que deseja informar ao público. Para isso, vá em ‘Arquivo’ e clique em ‘colocar incorporados’ ou ‘inserir’ – depende da versão do software que estiver usando. Aí é só selecionar as imagens selecionadas (que você precisa já ter guardada no computador). O ideal é que estejam em alta qualidade, fazendo com que elas entrem “grandes” no projeto. Para adequá-las ao tamanho desejado dentro do panfleto/flyer sem distorcê-las, é só usar a ferramenta mover no menu lateral da esquerda segurando a tecla shift – e diminuir com o mouse por uma das quinas. Aí é só centralizar ou posicionar de acordo com o layout desejado.  Aqui também pode se fazer uso de uma imagem de fundo que cubra tudo, para apenas colocar textos por cima.
  4. Com a ferramenta de texto (o T grande) no menu esquerdo, você pode definir o que vai ser escrito no panfleto/flyer. Antes, escolha a fonte a ser usada (saiba mais sobre isso clicando aqui), seu tamanho (não deve ser muito grande nem muito pequeno, use o bom senso) e sua cor. Nessa parte, que deve ser a frente do material, o que vai ser escrito depende: pode ser a informação sobre o que está ofertando ou, em caso de um impresso institucional, apenas o nome da empresa e uma chamada que desperte o interesse do leitor.
  5. Tanto o panfleto quanto o flyer podem ter frente e verso ou apenas frente. Caso prefira um material com dois lados, para construir o verso siga o mesmo procedimento do começo: Arquivo > Novo, mantendo as mesmas configurações. Você pode seguir os mesmos passos aqui, inserindo as imagens e textos que desejar para criar seu panfleto/flyer.
  6. Para finalizar, vá em ‘Arquivo’ e ‘Salvar como’ para salvar a imagem (ou as duas, caso seja frente e verso) – pode dar a elas o nome que quiser, como ‘frente’ e ‘verso’. Salve no formato JPEG, o mais usado nesse caso.
  7. Baixe nosso ebook Guia Prático para Fechamento de Arquivo para aprender direitinho e passo a passo a fechar seu arquivo antes de enviar para a gráfica!
  8. Com tudo feito, basta encaminhar ambos os arquivos finais fechados para a gráfica.

capaebookfechamento

No fim de tudo…

Você já deve imaginar que a qualidade final do material também tem tudo a ver com a gráfica contratada para impressão. Então pense com carinho naquela que vai escolher, para não correr o risco de ver o seu impresso sair diferente do que imaginava.

Aproveite para conhecer melhor a MediaTall: acesse www.mediatall.com.br e saiba tudo que a gráfica que imprime em até 24 horas para você tem a oferecer!

banner-mediatall

 

Publicado em

Os melhores acabamentos para Flyers e Panfletos

Entre os materiais impressos mais comuns em empresas e lojas, os flyers e panfletos ocupam espaço de destaque na liderança. Por serem pequenos e de fácil distribuição, se tornam ideais na hora de apresentar produtos, serviços ou promoções aos clientes em potencial.

E não é só o design, o texto ou a organização do material que importa na hora de produzir um flyer ou panfleto de qualidade para o seu negócio, seja qual for. Pensar no acabamento, aquela finalização pós-impressão, é de suma importância para determinar o produto final. E cada tipo de impresso exige tratamento diferenciado.

Sobre flyers e panfletos

O que é exatamente um flyer? Impressos pequenos, geralmente em papel de tamanho A5 ou A6, os flyers recebem esse nome justamente pela facilidade de alcançar um grande número de pessoas em pouco tempo. Costumam ser usados para destacar promoções e serem distribuídos nas ruas, garantindo que bastante gente vá ter acesso ao seu material. Pelo tamanho reduzido, é preciso limitar o texto e ater-se a palavras de ordem imperativa para chamar o público à ação. O uso de cores e imagens de destaque também é de bom tom, pois chamam a atenção para ele.

O que é exatamente um panfleto? De tamanho um pouco maior que o flyer, o panfleto costuma ser impresso em folha de tamanho A4, com frente e verso. Por ter mais espaço, permite detalhamento maior do conteúdo a ser divulgado e, consequentemente, quantidade e variedade de informações superiores ao flyer. Apesar disso, também costuma buscar a chamada para ação do leitor, embora não se atenha tanto a promoções ou outras possibilidades mais imediatas.

O que é o acabamento?

O acabamento é o processo de finalização do material, feito após a impressão e que dá o toque de qualidade que falta e garante a atratividade. É uma parte bastante delicada da produção, já que exige bastante cuidado para não estragar o impresso. Entre as possibilidades de acabamento estão a laminação, o corte e vinco, a aplicação de verniz, o estampamento, o relevo seco, a encadernação… mas vamos descobrir os melhores para flyers e panfletos!

Refile

O refile, também chamado simplesmente de corte, é justamente a parte de cortar o material para adequá-lo às especificações de dimensão. É o mais comum de todos os acabamentos, mas não deixa de ser fundamental, já que se for mal feito pode gerar complicações para o impresso. O refile elimina margens, marcas de impressão e define o tamanho final do flyer ou folheto. Por estar presente em quase tudo, costuma não gerar custo adicional e não é incluído nos orçamentos.

Verniz

A aplicação de verniz também é bastante usada em flyers e panfletos. Chamado também de ‘coating’, pode ser aplicado em todo o material ou apenas em um pedaço – o verniz localizado. É feito na própria impressora offset muitas vezes. Serve como forma de proteger o material e dar brilho a ele, sendo mais comumente aplicado nestes produtos de baixa gramatura. Aplicas-se uma tinta de alto brilho e adiciona beleza ao impresso.

Laminação

A laminação também pode ser usada, e consiste na aplicação de uma película plástica no papel. Ela pode ser brilhante ou fosca e é aplicada em ambos os lados, fornecendo proteção ao material. A fosca é mais utilizada e promove uma sensação boa ao tocar o impresso.

 

E não se esqueça: o Natal já está aí, mas ainda dá tempo de imprimir seu flyer ou panfleto com a MediaTall, que entrega em 24 horas! Acesse www.mediatall.com.br para maiores informações sobre a produção de materiais impressos e o nosso serviço.

Publicado em

Como usar o flyer no Natal em sua empresa

O fim de 2015 está chegando, e passado o Dia das Crianças, o comércio já se volta todo para a próxima data comemorativa: o Natal. Não faltam propagandas na televisão, mensagens nas ruas… E quando entra o mês de dezembro tudo se intensifica ainda mais. O mercado busca todas as maneiras de aproveitar as festas da virada de ano para impulsionar vendas, e quem ficar para trás pode acabar com gostinho amargo no final.

Existem algumas formas de inserir sua empresa no contexto do fim de ano e, embora o público externo seja sempre de suma importância na hora de se comunicar, não dá para esquecer da comunidade interna. Afinal, são eles que fazem tudo andar e garantem o funcionamento do seu negócio. Falar no Natal para seu público interno também é fundamental, não só como forma de agrado, mas também de reconhecimento pelo que foi produzido ao longo de todos aqueles meses desde a virada anterior.

 

A importância da conexão com os colaboradores

Já foi-se o tempo em que as organizações preocupavam-se apenas com potenciais clientes na hora de elaborar um planejamento estratégico de comunicação. Na visão contemporânea da área, existem muitos outros públicos que precisam ser contemplados por sua empresa, os stakeholders: funcionários (ou colaboradores, como vem sendo mais usado atualmente), as famílias deles, fornecedores, distribuidores e, dependendo do caso, acionistas, o governo e até a concorrência!

O trabalho deve ser direcionado a todas as áreas da empresa, desde treinamentos e eventos a datas comemorativas e resultados operacionais. Assim, o colaborador rapidamente percebe que há transparência não só horizontal, mas também vertical, e pode se sentir mais confiante na direção que está no comando.

Além de comunicados sobre o dia-a-dia da empresa, a comunicação interna também precisa estabelecer uma conexão com os seus colaboradores. E é imprescindível envolver toda a a empresa nela. Para conseguir se conectar de maneira satisfatórias com todos, basta ser direto e claro.

No período de fim de ano, além das tradicionais festas, comemorações e happy hours, é normal que sejam enviadas mensagens de reconhecimento e agradecimento aos funcionários. Para isso, o uso de flyers como postais e cartões de Natal para o público interno também é bem visto como forma de reconhecer o trabalho realizado ao longo do ano e mostrar a quem trabalha para você que os “chefes” também se preocupam com eles.

 

Como fazer um flyer atrativo de Natal

Para começar, você pode consultar nosso outro post sobre a criação de flyers em geral. Os postais para mensagens de Natal voltados aos colaboradores devem ser diferentes daqueles direcionados aos clientes. No geral, as celebrações de fim de ano buscam palavras de paz, amor e esperança para o ano seguinte. E no ambiente de trabalho, a comunicação também precisa englobar o que foi feito ao longo dos últimos meses, lembrando as principais conquistas da empresa e a importância de todos que batalharam para que tudo fosse possível.

Naturalmente, ao se tratar de Natal as cores predominantes são o vermelho e o branco – claro, as de ninguém menos que Papai Noel. O importante é que as tonalidades sejam harmoniosas e não-conflitantes, enquanto o texto em si pode ser curto ou vir no verso, como um cartão postal. A intenção é que a mensagem transmita o que a empresa pensa de seus colaboradores, agradecendo pelo trabalho e dedicação no ano que passou.

Transmitir sua mensagem de Natal via flyer para o público interno pode ser a melhor maneira de mostrar que a empresa tem carinho por todos. Além de ser mais pessoal que as mensagens via intranet ou mural, já que cada um recebe o seu postal individual, também pode ser estendido às famílias, criando um clima de maior unidade e integração da vida pessoal com a profissional do funcionário.

Quer saber mais sobre a impressão e criação de flyers? Entre em www.mediatall.com.br e fique por dentro de tudo com a gráfica que imprime em 24 horas para você!

Publicado em

A importância do Marketing para as Escolas

Nesta época de grande concorrência e exposição de marca, as escolas, além de oferecer diferencias, também precisam atrair novos alunos. No entanto, dificilmente ela conseguirá cumprir essa tarefa sem algum tipo de divulgação. É neste sentido que algumas instituições de ensino desenvolvem um modelo de negócio bastante interessante trabalhando com materiais impressos.

O material impresso ainda é relevante nas estratégias de marketing e tem a facilidade de serem distribuídos em qualquer lugar. Cartões de visita, panfletos, banners e flyers são imprescindíveis para a apresentação de uma instituição, quer ela seja de ensino superior, idiomas, pré-escola ou outra categoria. Usar de boas estratégias de marketing com a utilização de materiais impressos é eficiente se você seguir alguns padrões. Veja algumas dicas.

Uso de materiais impressos nas escolas

A atual cobrança da sociedade por informação é o que vem motivando o aumento dos investimentos na área. Em um mundo altamente conectado, quando qualquer blog ou twitter pode ser considerado veículo de mídia e de transmissão de informações, a divulgação impressa pode ser uma ferramenta estratégica.

Muitas escolas confundem marketing com propaganda e não conseguem enxergar as diversas ferramentas que esse conceito abrange. Um plano de marketing bem definido ajuda a escola a conhecer o mercado que pretende atuar e também definir as melhores estratégias para atingir os clientes.

O plano de marketing deixou de servir apenas às grandes empresas para ser cada vez mais usada pelas escolas como estratégia de impulsionamento do negócio, planejando ações de relacionamento e formas de comunicação imediatas e eficientes para atingir  o público desejado.

Entre as características mais importantes dos materiais impressos está a abrangência, que permite que instantaneamente seus conteúdos estejam, de forma planejada, em contato com diversos públicos. Além disso, é possível deixar clara sua mensagem e multiplicar leitores.

Na hora de elaborar um plano de marketing, a escola deve preservar um dos seus valores mais importantes que é a formação do ser humano, bem como a construção do futuro. Muitas escolas, ao pensarem em suas estratégias, produzem um material com conteúdo inadequado, que não é capaz de convencer as pessoas a optarem pela instituição.

 

Mensagem adequada

  • A escola precisa definir que tipo de imagem deseja passar ao cliente – e que este seja condizente com suas ações;
  • Adaptar a mensagem ao público-alvo – dependendo da categoria da escola;
  • O texto precisa ser claro e objetivo – para o leitor compreender a mensagem na primeira visualização;
  • O material deve conter apenas o necessário para transmitir os objetivos da instituição;
  • É importante ter fotos e ilustrações, que facilitam a leitura e complementam a mensagem;
  • A distribuição deve ser feita de maneira direcionada e pontual, nunca esquecendo de analisar o retorno sobre o investimento.

O trabalho de marketing, sobretudo por meio de flyers, banner ou panfletos, se bem coordenado, tem a função de aumentar a visibilidade da escola para que ela possa atrair novos alunos e se tornar referência local.

Já possui material da sua instituição? Conte-nos aqui.

Publicado em

Marketing para Imobiliárias utilizando Materiais Impressos

Nos últimos anos, o mercado imobiliário esteve em franca expansão. Isso porque os imóveis se valorizaram, pessoas tiveram acesso ao crédito e a formas de pagamento acessíveis a pessoas de todas as classes sociais, sem deixar de falar dos programas habitacionais criados pelo Governo Federal. Todas essas medidas facilitaram a realização do sonho de ter a casa própria e aproveitando os ventos que sopravam a favor, surgiram muitas imobiliárias e corretores de imóveis autônomos.

Entretanto, como diz o dito popular: “tudo que é bom dura pouco”, e não foi diferente no ramo imobiliário. A desaceleração econômica pela qual o Brasil vem passando refletiu diretamente nesse setor. O corte dos benefícios, restrição ao crédito e aumento dos juros de financiamentos bancários fez com que muitos cidadãos se endividasse e repensassem a compra de um imóvel. Proprietários tiveram de reajustar o valor dos aluguéis e tudo isso teve efeito nas empresas da área.

Diante desse cenário, a competitividade ficou ainda mais acirrada e é preciso investir cada vez mais em divulgação para diferenciar-se dos concorrentes.

Existem diversas maneiras para mostrar a sua imobiliária no mercado. Vem crescendo o número de pessoas que usam a internet para procurar imóveis para comprar, alugar ou passar uma temporada e é extremamente importante manter um site atualizado e de fácil navegação, como também estar presente nas redes sociais. Porém, nada disso adianta sem investir nos tradicionais materiais impressos.

Em muitos casos, é por meio do material gráfico que potenciais clientes têm o contato pela primeira vez com a empresa e por isso é fundamental causar uma boa impressão. Listamos a seguir vários materiais e mostramos a função de cada um deles para chamar a atenção do público e transmitir confiança a ele.

Cartões de visita

Indispensável para a apresentação pessoal do corretor imobiliário. Trata-se a melhor ferramenta para identificação e por isso deve ter um visual sóbrio que transmita competência e seriedade. Acrescente informações básicas, como seu nome, função exercida, telefones para contato, e-mail, site, endereço, site e logo da empresa.

É indispensável carregá-lo sempre consigo, principalmente quando for receber um cliente ou durante feiras e eventos do segmento. Leve os cartões de visita aonde quer que você vá, mesmo em encontros informais, bancos, padarias, supermercados, etc. Afinal, nunca se sabe quando e onde poderá encontrar alguém que necessite de seus serviços.

Flyers e panfletos

São materiais com excelente custo benefício. Quanto maior a quantidade de impressos, mais baratos ficam.

Use flyers e panfletos na divulgação de lançamentos, promoções imperdíveis, condições especiais de pagamento ou tudo que mereça aparecer. Uma vez que são espaços pequenos, use uma imagem de destaque e pouco texto. No verso, poderá ser impresso um mapa indicando o endereço do imóvel que está sendo anunciado.

Folders

Apresentam mais espaço para inclusão de informações do que os citados acima, principalmente quando são feitos com dobras. É impossível passar todas as informações só pela fala, por isso o folder é um grande aliado, sendo capaz de armazenar todos os pormenores de maneira organizada, com textos e imagens ilustrativas, separados por categorias ou temas.
Escolha cautelosamente cada elemento que será divulgado no material e, conforme for apresentando o conteúdo para os seus clientes, aponte para o papel. Assim, quando ele levar para casa e abri-lo novamente, irá lembrar de boa parte do que foi dito e as chances de o negócio prosperar aumentará consideravelmente.

Catálogos

São impressos especiais, produzidos em menor quantidade, usados para a exibição detalhada de imóveis. Podem ser confeccionados em diversos tamanhos, números variados de páginas e acabamentos que enobrecem o material. Separe os conteúdos em categorias e assim saberá exatamente o que apresentar aos clientes de acordo com as necessidades que apresentarem.

Pastas

Agentes imobiliários estão sempre carregando documentos importantes, que são levados a cartórios e repassados a vendedores, compradores, inquilinos e proprietários. Já que as pastas passam por diversas pessoas e passam de mãos em mãos, é necessário que o material seja resistente e bem apresentável.

No ramo imobiliário, ter pastas personalizadas com o nome e o logo da empresa não é um luxo, mas uma necessidade. Escolha materiais espessos com acabamento à prova de poeira, gordura e atrito, assim durarão mais sem perder a elegância. Não esqueça de destacar a sua empresa, pois ela será vista por um número grande de pessoas. Ainda que as informações necessárias sejam inseridas na capa, não se esqueça de botar sempre um cartão de visitas junto com os papéis, para que seu cliente leve com ele e se lembre sempre de você.

Envelopes

Apresentam basicamente as mesmas funções das pastas: guardar e proteger documentos. Com a diferença que estes guardam poucas folhas e são entregues fechados na maioria das vezes, de forma mais reservada.

Banners

Este é um material que a tecnologia não conseguirá substituir tão cedo. Os banners servem para identificar os imóveis que estão sendo vendidos ou alugados e são vistos imediatamente pelos interessados. Por isso, monte peças de fácil leitura e identificação da sua empresa. Assim, mesmo que não consigam parar para anotar o telefone, as pessoas saberão onde encontrá-lo.

Outdoors

São mídias que chamam atenção de quem passa por elas com a vantagem de ficarem expostas durante longos períodos, sem a opção de serem apagadas ou jogadas fora sem ter sido lidas. Crie peças com visuais agradáveis, despertando bons sentimentos e sensações.

Brindes

Quem não gosta de ser ganhar presente? Principalmente se eles forem úteis. Confeccione post-it, bloquinhos de papel, chaveiros e calendários com as cores da identidade visual de sua empresa e o logo estampado, assim você fará parte do cotidiano de seus clientes e estará sempre no subconsciente deles. Outra forma de fazer com que eles se sintam especiais é enviando cartões de aniversário e de Natal. Em uma época em que as relações se esfriaram migrando para os meios eletrônicos, receber um cartão palpável é forma carinhosa de demonstrar o quanto o outro é importante.

É importante que todos os materiais sigam os padrões previamente adotados para a criação de sua identidade visual. Assim, sua empresa será identificada sem nenhum esforço mental por parte do seu cliente, que poderá ter a sua marca como referência em assuntos referentes ao ramo imobiliário.

Capriche no visual de seus materiais e invista em impressão de qualidade. A MediaTall está a sua inteira disposição!

Publicado em

Melhores formas de Divulgar seu Evento

Um evento de sucesso é definido pela quantidade de pessoas presentes. Afinal, de nada adianta desenvolver a estrutura perfeita ou programações de qualidade se o público-alvo não comparecer. Erros comuns acontecem na divulgação de eventos e é por isso que você deve aprender as maneiras corretas de divulgá-los.

Para atrair multidões para seu evento, a Smartalk  publicou um artigo muito interessante, que compartilho abaixo com vocês. 

Conheça as maneiras de divulgar evento

Antes de decidir qual maneira de divulgar evento é a ideal, você precisa conhecer as opções mais efetivas. Veja abaixo:

• Revistas;
Panfletos;
Flyers;
• Catálogos;
• Jornais;
• Redes sociais;
• Blogs;
• Lading pages;
• Sites;
• E-mails;
• Visita/Palestra de divulgação.

Mas, qual mídia utilizar?

Para decidir corretamente entre divulgar seu evento online ou offline, bem como qual é a melhor opção de mídia, você deve levar em consideração 3 fatores: público-alvo, tipo de evento e ROI/custo. A união desses 3 elementos lhe trará as maneiras de divulgar evento perfeita.

Conheça o seu público-alvo

Onde o seu público está? As maneiras apropriadas de divulgar o seu evento dependem do público que a sua empresa deseja atingir.

Supondo que seu evento seja uma apresentação musical e o público-alvo esteja entre a faixa etária de 40 a 60 anos. Neste caso, o ideal seria apostar em mídias offline, principalmente anúncios na rádio, televisão e jornais, meios de comunicação comumente utilizados por pessoas desta faixa etária.

Contrario será se o público jovem. Observe este outro caso: o evento se trata de uma festa com DJ’s e banda sertaneja. Normalmente, o público-alvo está na faixa etária de 18 a 30 anos. Explorar as redes sociais e divulgar em blogs pode ser a opção mais barata e efetiva.

Percebeu a importância de conhecer o seu público-alvo? A mídia escolhida está diretamente ligada com as características da sua persona.

Lembre-se! É aconselhável divulgar em mídias distintas, mas cuidado para não investir em recursos financeiros com baixo ROI (retorno de investimento). Isso acontece quando você opta por canais de comunicação que o seu público-alvo não utiliza.

Tipo de evento

O tipo de evento influencia na maneira de divulgar. Por exemplo, em um desfile de moda a divulgação deverá ser moderna e impactar rapidamente o público. Neste caso, podemos excluir maneiras de divulgar seu evento como: jornais (tem pouco impacto), revistas (serão lidas por poucas pessoas e muitas vezes após a data do evento), catálogos (não se adéqua ao caso). Perceba que através do tipo de evento é possível excluir uma série de mídias. Além disso, dentre as opções que restarão, duas, talvez três, terão um bom impacto. Invista nelas.

Caso você opte por utilizar uma visita/palestra de divulgação do evento, foque em criar um bom roteiro de apresentação, a quantidade de conversões em participantes está diretamente ligada à apresentação.

Retorno sobre investimento (ROI)

O objetivo ao divulgar um evento é: atingir o público-alvo, gastar pouco e converter ao máximo em participantes, ficou evidente a importância do ROI, correto?

Um erro comum ao divulgar eventos é avaliar apenas o custo e não o retorno de investimento. Vamos a um exemplo prático:

Ao divulgar a apresentação de um novo filme no cinema 3D na cidade, com valor da entrada de R$ 20,00 reais, gastou-se R$ 5.000 reais e obteve-se um público de 400 pessoas. Veja os dados:

• Custo: R$ 5.000 reais;
• Atingiu 3 mil pessoas de baixo interesse;
• 400 pessoas participaram;
• Ganhos: R$ 8.000 reais;
• ROI: 60%;

Supondo que o custo acima tenha sido considerado baixo, avaliaremos outra situação:

• Custo: R$ 10.000 reais;
• Atingiu 3 mil pessoas interessadas;
• 2 mil pessoas participaram;
• Ganhos:
• Ganhos: R$ 40.000 reais;
• ROI: 300%;

Fórmula do ROI: Lucratividade – Investimento / Investimento

Na segunda campanha de divulgação, em um primeiro momento, aparentou ser menos vantajosa e custosa, contudo, pelo fato de atingir o público certo, teve-se um ROI maior e, consequentemente, lucratividade.

Por isso, ao invés de avaliar custos/investimento, esteja sempre atento ao retorno sobre o investimento. Este é o erro mais comum cometido, observar os custos ao invés do retorno.

Siga dicas para tornar a sua divulgação um sucesso

Para a sua divulgação ser um sucesso, reservamos ainda dicas especiais que podem aumentar o engajamento das pessoas:

• Libere o wi-fi no evento e instigue as pessoas a postarem os melhores momentos;
• Faça parceria com empresas na localidade para divulgação;
• Envie e-mails agradecendo a presença dos participantes (lembre-se de pegar os e-mails, uma lista de e-mails vale ouro);
• Crie uma página do evento e crie expectativa para a próxima edição.

Por fim, uma última dica: faça a divulgação pós-evento, isto aumentará a credibilidade e consolidará a sua marca.