Publicado em

Conheça o Acabamento Soft Touch e incremente o seu impresso

O trabalho de realizar marketing com impressos é muito mais do que apenas desenvolver uma arte, enviar para a gráfica e receber a impressão. Além de todo o planejamento adequado para que o design tenha a ver com a marca e seja atrativo para o leitor, existem outras etapas muito importantes no processo de impressão do material – e que podem fazer a diferença entre o sucesso e o fracasso de uma campanha.

E um dos passos mais determinantes acontece na pós-impressão: o acabamento – ou finalização. Existem diversos tipos de acabamento que atendem a todos os gostos e objetivos para aquela determinada empresa e campanha, sendo necessário bastante cuidado ao escolher aqueles que pretende usar. Muitas vezes eles possuem também a função de proteger o material. E as opções mais comuns costumam ser o envernizamento, a laminação, o refile e o hot stamping, entre outras.

No entanto, como todo segmento, o mercado gráfico também evolui. Todo ano temos novidades e tendências surgindo, se firmando ou sumindo, e aqui não é diferente. Na hora de finalizar o material impresso com um acabamento de primeira, também temos inovações aparecendo de vez em quando. E a bola da vez é o Soft Touch.

O Soft touch: acabamento em veludo

A opção pelo acabamento em Soft Touch visa trazer ao material um toque de veludo. Ele é bastante semelhante à laminação no estilo BOPP fosca: nela, se aplica uma película plástica fosca para revestir o impresso, trazendo uma maior sofisticação aos olhos e ao toque. A diferença é que, nesse caso, a película trará uma sensação aveludada.

O Soft Touch é justamente uma forma de laminação fosca, com a diferença que o filme plástico aplicado promove um toque suave de veludo ao papel revestido. E essa forma de acabamento pode ser usada com sucesso em cartões de visita, cartões postais, panfletos, flyers, folders, embalagens, catálogos, revistas, etc. Ele é bastante versátil e garante sofisticação ao material.

Por que escolher o Soft Touch?

Mas quais as vantagens em usar o Soft Touch na sua campanha de marketing com impressos? Para começar, naturalmente, um revestimento em plástico como esse traz maior proteção ao material: contra sujeira, poeira e até mesmo respingos de água.  A durabilidade também fica bem maior contra o desgaste natural e o produto acaba mais resistente contra possíveis rasgões, riscos e atritos.

Outro benefício que se adquire ao escolher usar o acabamento Soft Touch é a grande valorização das cores escolhidas que ele traz – o revestimento plástico ajuda a realçar as tonalidades. Ainda ganha-se um efeito super fosco no impresso, já que ele apresenta essa característica com ainda maior intensidade que a laminação BOPP comum.

***

Após realizar todo o planejamento, definir artes e terminar a produção, chega a hora de escolher a gráfica que vai imprimir o seu material. E ela faz toda a diferença para o acabamento e para o resultado final: sempre procure uma empresa de confiança, que garante a qualidade esperada e ainda ajude com dicas para todo o processo. Tudo para que o produto seja entregue exatamente do jeito que foi pedido.

Venha conhecer a MediaTall, a gráfica que imprime em até 24 horas para você!

Publicado em

Os Melhores Acabamentos para seus Cartões de Visita

É indiscutível que cartões de visitas são de extrema importância para a apresentação profissional. No mundo corporativo, ele equivale a um aperto de mão e é o primeiro contato que os potenciais clientes tem com sua empresa. Por ser uma ferramenta de marketing bastante eficaz, deve ser produzida com muito cuidado por quem realmente entende do assunto, a fim de transmitir os valores e a imagem fiel do empreendimento.

Além das informações básicas de identificação e contato, como: nome, cargo ou área de atuação, telefones, e-mail, endereço e o logo da empresa, é necessário pensar no aspecto final do cartão. E não nos referimos apenas às cores e fontes, mas ao acabamento.

Acabamento

Chamamos de acabamento o toque final da confecção das peças gráficas, ou seja, a escolha do visual (com ou sem brilho), revestimento e formato do corte. O acabamento é capaz de transformar uma arte simplória em impressos grandiosos e atrativos, captando a atenção de quem interessa, transmitindo confiabilidade e seriedade. Oferecemos diversas opções aos nossos clientes, que podem abusar da criatividade. Acompanhe:

Refile ou corte

O acabamento mais comum entre os impressos na finalização de impressos é o refile, chamado também de “corte”.

Todo material gráfico é impresso em grandes folhas conjuntamente e, posteriormente, recortados e dobrados, quando é o caso. Com os cartões de visitas não é diferente. Ele possui um formato padrão retangular, já que o refile é feito com estiletes e guilhotinas. Não há custos adicionais para corte simples, entretanto, é possível criar inúmeras variações com cortes especiais.

Tal tipo de acabamento só é feito em papéis de gramatura maior, como o couché (250g/m²) e o supremo (300g/m²), que são os mais usados para estampar cartões de visitas.

Embora seja um procedimento comum, o refile é de suma importância e interfere na qualidade do acabamento final da peça. Se for feito sem os devidos cuidados, ficar torto, com bordas rasgadas e brancas ou até mesmo comprometer informações que constam no papel.

Bordas arredondadas

Por não demandar uma forma especial e exclusiva, bordas arredondadas podem ser feitas gratuitamente. O contratante está livre para escolher entre arredondar todas as bordas ou apenas algumas, criando o seu próprio padrão. Esta é uma forma de acabamento de baixo custo, com relativa capacidade de personalização, mas que demonstra cuidado com o material.

Corte especial

O corte especial permite uma distinção ainda maior dos cartões de visitas. Nele são utilizadas lâminas de corte personalizadas, diferente do refile, com cortes retos. Podem ser empregadas, inclusive, formas vazadas, isto é, que são aplicadas na parte interna do material, não apenas nas bordas. Usando esse recurso com criatividade e moderação, podem ser elaborados belos modelos que impactam clientes e fazem com que eles memorizem a sua marca.

Quanto aos tipos de revestimento, podemos citar:

Laminação

A laminação é uma película plástica que envolve todo o papel dando mais brilho a ele, por isso é necessário que a gramatura deste seja maior. É um acabamento discreto que confere mais resistência ao material, protegendo-o de líquidos, sujeiras e do atrito, além de dar a ele um visual mais rebuscado. Pode ser feito em ambos os lados sem qualquer prejuízo de qualidade.

Laminação fosca

Apresenta os mesmos benefícios que a laminação simples, distinguindo-se dela pelo toque aveludado e por ter um acabamento matificado, ou seja, sem brilho. É uma das formas de acabamento mais utilizadas, pois enobrece o material impresso e impede as indesejadas manchas de dedo ocasionadas pela gordura natural da pele.

Plastificação

É outra forma de proteger o cartão, além de dar brilho e vivacidade às suas cores, porém não tem a mesma qualidade e requinte da laminação. É necessário deixar uma borda do plástico para selar o material, já que o procedimento não é feito com adesivo, como os anteriores.

Verniz

Sua vantagem em relação à laminação é o custo mais baixo de aplicação. Pode ser aplicado em todo o material ou apenas em uma área especifica, dando brilho e realçando as cores, além de aumentar a durabilidade do material, protegendo contra poeira, calor e desbotamento, mas não tanto quanto a laminação e a plastificação.

Existem vários tipos de acabamento feitos a partir do verniz, desde os texturizados, com purpurina, até aqueles com aroma, como nos casos de algumas revistas de produtos de beleza.

Verniz de alto brilho

Aplicado em folhas de gramatura mais grossa, mas caiu e, desuso porque a plastificação tem o mesmo efeito, com a vantagem de custo de produção mais baixo e maior agilidade, embora tenha qualidade inferior.

Verniz UV total

Proporciona um efeito belíssimo ao material, dando brilho e vibratilidade às cores. É indicado para dar profundidade a desenhos chapados, pois dá visibilidade até os pequenos detalhes. É muito requisitado nas gráficas, pois valoriza a peça.
É chamado de “UV” porque a secagem é feita por meio de exposição do material gráfico à radiação ultravioleta.

Verniz localizado

Frequentemente aplicado sobre materiais com laminação fosca com o intuito de realçar algum desenho ou informação, na maioria das vezes, o logotipo da empresa. Serve para contrastar e diferenciar os elementos do cartão.

Hot Stamping

Permite estampar pequenos detalhes e imagens em fita de material sintético coberto por celofane ou pigmentos metalizados nas mais diversas cores, destacando entre elas o dourado e o prateado. Produz um efeito grandioso, por isso é utilizado por marcas luxuosas.

Flocagem

Ainda é pouco utilizado em papel, sendo mais comum ver esse tipo de acabamento em tecidos. Consiste em aplicar flocos de algodão, poliéster ou nylon para criar efeitos em alto relevo, com características de pelúcia ou camurça, por exemplo.

Relevo Seco

Este é um tipo de acabamento pensado para destacar detalhes específicos. O entalhe pode ser positivo, estando para fora do papel, ou negativo, quando o detalhe é prensado para dentro da folha. Como não requer tinta, é conhecido como “relevo seco”. Pode ser feito, inclusive, em papel todo branco, colocando em relevo as informações convenientes.

Como vimos, existem inúmeras opções de acabamento para cartões de visitas. Escolha aquela que se encaixe melhor com a identidade da sua marca e seu posicionamento no mercado. Ficaremos felizes em atender a sua solicitação. Faça já seu orçamento!

Publicado em

10 Materiais Impressos que toda equipe de Vendas precisa ter

Ainda que os relacionamentos e canais de consumo estejam migrando a passos largos para o mundo virtual, é fato que o contato real com compradores em potencial, clientes e parceiros não pode ser descartado. Materiais impressos continuam sendo indispensáveis na divulgação das marcas e seus produtos, justamente por não demandarem qualquer tipo de conexão ou dispositivos para a sua visualização, tornando sua empresa mais acessível.

Veja a seguir os itens que não podem faltar para que o seu time de vendas seja campeão.

Cartão de visitas

Por se tratar de um material de comunicação rápido e objetivo, o cartão de visitas é, sem dúvida alguma, a maneira mais eficaz de apresentar um profissional e, consequentemente, a empresa na qual ele trabalha.

Consiste em um item essencial na prospecção de clientes e novas parcerias. Sendo assim, para causar impacto positivo em quem o recebe, faz-se necessário que ele seja impresso em uma gráfica especializada, em papéis resistentes, específicos para este fim.

É imprescindível que nele estejam disponíveis as informações básicas de contato, tais como: logo e nome da empresa, nome do profissional, função que exerce, telefones e e-mail para contato. Hoje em dia, contatos via WhatsApp entre vendedores e clientes são muito comuns, por isso, aconselhamos que o número de telefone ligado a essa ferramenta também esteja disponível.

Carregue-o sempre com você e entregue-o somente a quem manifestar interesse pelo que você tem a oferecer, seja em eventos corporativos ou em ambientes corriqueiros, como padarias, farmácias, agências bancárias, entre outros.

 

Papéis timbrados

Também fazem parte do grupo de itens indispensáveis para as equipes de vendas, pois são utilizados para diversos fins, desde documentos, correspondências, orçamentos, contratos, recibos, entre tantos outros materiais importantes do dia a dia de todas as empresas.

Usar folhas com a sua marca transmite formalidade e profissionalismo, causando boa impressão não só em clientes, mas também em parceiros e fornecedores.

 

Blocos de notas

Assim como os papéis timbrados, bloco de notas são utilizados cotidianamente. Seja para lembretes ou anotações diversas, é fato que ter esse tipo de material sempre ao alcance é de grande serventia, não só para a equipe de vendas, como também para os clientes.

Pensando nisso, ofereça-os como brindes e, se possível, invista em canetas com sua marca estampada e monte um kit. Afinal de contas, quem não gosta de receber um mimo de vez em quando? Sem deixar de mencionar que estes são artigos bastante úteis e, por isso, estarão com seus clientes a todo momento, divulgando a sua marca.

 

Flyers

É uma forma de divulgação com baixíssimo custo unitário quando impresso em grandes quantidades. Indicado para transmitir informações de maneira concisa e direta, com poucos textos e imagens.

Diferenciam-se por serem peças de rápida distribuição, que deve ser feita em pontos estratégicos para aumentar a sua eficácia. Nada de sair entregando-os pelas ruas e semáforos, prefira escritórios, consultórios, restaurantes, papelarias, salões de beleza ou academias, de acordo com o público que deseja alcançar. Sempre que possível, leve-os com você e peça permissão para deixá-los expostos quando encontrar um lugar conveniente.

 

Folders

Caracterizam-se pelas dobras, geralmente duas ou três, que multiplicam o espaço para divulgação de informações. Os folders podem ser cortados em diversos formatos. Ideais para breves apresentações e para divulgação de kits, novidades e promoções. Podem incluir também um cupom de descontos ou fichas para sorteios, assim seu material não será descartado na primeira oportunidade.

 

Catálogos

Mais completo que os dois itens anteriores, os catálogos têm a função listar com maior riqueza de detalhes todos os produtos e serviços oferecidos por sua empresa. Por disponibilizarem mais espaços, não é necessário suprimir nenhuma informação.

Por outro lado, sua distribuição deve ser feita de maneira cautelosa, sendo entregue a quem realmente se interessa pelo que está sendo oferecido. Você também pode criar um banco de dados e enviá-los a seus clientes diretamente pelos correios, para que recebam em casa e analisem com calma o que você tem a oferecer. Recomenda-se manter o catálogo de produtos sempre atualizado, pois nada pode ser mais incômodo do que se encantar por alguma mercadoria que não está mais disponível.

 

Filipetas

Também são utilizadas para a descrição de serviços e listagem de produtos, com a única diferença de serem mais estreitas e longas. Podem ser facilmente transformadas em marca-página, desde que você invista em um material resistente. Lembre-se que as pessoas podem levar muito tempo até terminarem de ler um livro, portanto, sua marca será lembrada toda vez que a leitura for retomada.

 

Pastas e envelopes

Usados para transportar documentos e correspondências importantes, estão sempre circulando entre diversas pessoas. Por isso, confeccionar pastas e envelopes estampando a sua marca é uma estratégia muito inteligente.

As pastas também servem de brindes em feiras, congressos e outros eventos corporativos, fazendo com que as pessoas memorizem a sua marca.

 

Embalagens

Além de acomodar e proteger mercadorias, as embalagens são fortes aliadas na divulgação das marcas. Para isso, nãos basta que sejam apenas resistentes e duradouras, mas precisam também ser marcantes, capazes de chamar a atenção dos clientes e agradá-los.

É aconselhável que as embalagens sigam os padrões criados para a identidade visual da empresa, a fim de reforçar a marca na mente do público. Inclua informações importantes, como endereços da matriz e das filiais com respectivos telefones de contato. Em caso de produtos perecíveis, como alimentos e cosméticos, é obrigatório constar na embalagem a composição, data de validade e a forma aconselhada de conservação da mercadoria.

Para fidelizar seus clientes, que tal inserir na embalagem um cupom de desconto para a próxima compra ou um cartão fidelidade?

 

Adesivos

Estes são materiais altamente personalizáveis, podendo ser aplicados tanto em espaços internos quanto externos. Devido à versatilidade nas maneiras de usá-los, podem ser recortados em diversos formatos e impressos em diferentes tipos de materiais – como vinil e papel – e por isso recebem acabamentos próprios para cada função.

Adesivos podem ser utilizados para fins decorativos, como quando colados em carros, vidros ou cadernos, mas também podem ser aproveitados como etiquetas, rótulos ou selos. De qualquer maneira, servem como excelentes brindes promocionais que divulgarão a sua marca por onde o seu cliente estiver.

 

Agora que você está ciente de que os materiais impressos são ótimos meios de comunicação para divulgar seus produtos e serviços e já conhece a função de cada um deles, venha fazer um orçamento conosco. Tenha um diferencial em relação aos seus concorrentes e conquiste muito mais clientes!

 

Publicado em

Cartões de Visita | Saúde

Cartões de visita são muito procurados pelos profissionais da área de saúde, que precisam disponibilizar os contatos para seus pacientes. Desde os tradicionais aos mais criativos, selecionamos alguns modelos para inspiração.

1. Tradicional

1

2. Pediatra

2

3. Dentista

3

4. Cirurgia Estética

4

5. Médico especialista em circuncisões

5

6. Nutricionista

6

7. Neurocirurgião

7

8. Medicina natural

9

9. Acupuntura

10

Publicado em

Papelaria para Área de Saúde

Com a evolução digital, vieram a surgir diversos dispositivos capazes de armazenar dados e informações, reduzindo drasticamente os espaços que antes eram destinados às imensas pilhas de papel. Contudo, ainda existem materiais impressos indispensáveis no cotidiano dos profissionais da saúde que e podem atuar como fortes aliados nas estratégias de marketing de consultórios, clínicas e hospitais.

Receituários, cartões de visitas, envelopes, pastas e até mesmo CD e DVD fazem parte do material de papelaria corporativa básica para profissionais de saúde, cuja identidade visual merece receber atenção especial por ser o primeiro contato do paciente com a instituição.

Quando o profissional investe em materiais gráficos de bom gosto, com alta qualidade e acabamento impecável, consegue transmitir profissionalismo e conquista a credibilidade de seus pacientes. Em caso contrário, pode parecer que ficou parado no tempo ou até mesmo que é desorganizado.

Veja abaixo uma lista com itens básicos de papelaria para profissionais e empresas do ramo da saúde e suas principais funcionalidades. Lembre-se sempre de manter o padrão criado para identidade visual, acrescentando seu nome completo, endereço, telefones para contato e website.

Cartões de visita

Este é, sem dúvidas, um material indispensável para a apresentação de um profissional por se tratar da maneira mais eficaz de prospectar novos pacientes e de ser lembrado pelos antigos. Ele deve seguir os padrões de identidade visual do estabelecimento em que atua e apresentar informações relevantes, tais como: nome completo, número de registro, especialidade na qual está formalmente habilitado, endereço, número de telefone e e-mail para contato. Website é um adicional que permite que às pessoas conhecerem melhor o seu trabalho.

Seus pacientes costumam faltar às consultas? Que tal dedicar o verso do seu cartão para lembrá-los sobre a data e a hora do próximo encontro?

Blocos de receituários

Este é um documento de uso constante cuja importância é menosprezada por diversos profissionais. Frequentemente recebemos receitas médicas impressas dentro do próprio consultório ou clínica e a qualidade gráfica é visivelmente inferior, transmitindo uma imagem de descuido que afeta a credibilidade do estabelecimento.

Se a primeira impressão é a que fica, faz diferença investir em materiais gráficos de bom gosto. Ser atendido por um profissional cuidadoso decerto traz mais confiança ao diagnóstico.

Envelopes

São instrumentos extremamente importantes na divulgação de um empreendimento, independente do seguimento de atuação. Isso porque estão sempre circulando, seja com correspondências, documentos, relatórios ou, no caso de profissionais da saúde, com prescrições e resultados de exames.

Pastas com bolso e sacolas

Pastas com bolso e sacolas possibilitam que seus pacientes carreguem exames e documentos com comodidade, sem que estes papéis amassem, molhem ou sofram qualquer tipo de desgaste. Isto demonstra zelo e profissionalismo.

Essas peças também podem ser utilizadas em palestras, congressos, feiras e demais eventos a fim de divulgar a marca da clínica ou consultório, prospectando parcerias e novos clientes.

CD, DVD e capas protetoras

Nos últimos tempos, vem se tornando cada vez mais comum a gravação de exames médicos para posterior análise de imagens e áudios. Isso porque o armazenamento digital é mais seguro e possibilita melhor visualização das imagens, que podem ser ampliadas no próprio computador.

Entregar estas mídias em uma capa padronizada é um diferencial que fortalece a sua marca entre os seus pacientes e outros profissionais da saúde.

Agendas

De fato, qualquer smartphone é capaz de armazenar toda a sua agenda telefônica e lembrá-lo de compromissos diários. No entanto, em caso de perda, esquecimento ou problemas técnicos do aparelho, é provável que nem todas as informações sejam recuperadas. Por isso, é imprescindível manter uma agenda física com todos os seus contatos e compromissos.

Crie uma agenda personalizada, de acordo com as suas necessidades. Se preferir, poderá presentear pacientes especiais com um artigo de grande utilidade e assim será lembrado por eles durante todo o ano.

Fichários para arquivo de prontuários

Assim como no caso das agendas, há quem prefira se precaver mantendo uma versão palpável de prontuários dos pacientes. Com fichários padronizados, fica mais fácil organizá-los e poupar tempo quando precisar encontrar alguma informação. Escolha capas resistentes e prendedores que suportem o peso dos papéis.

 

Escolher uma gráfica capaz de entregar materiais impressos de ótima qualidade é primordial para a sua marca e reputação. Clique aqui e escolha MediaTall.

Publicado em

Identidade Visual Restaurante

A identidade visual de um restaurante precisa despertar algumas sensações e transmitir emoções por imagens, que devem passar uma boa experiência gastronômica. A primeira imagem que as pessoas fazem de um restaurante, ou de qualquer outro empreendimento, é chamada de imagem corporativa, que precisa passar credibilidade, qualidade, segurança e excelência, além de um toque divertido e inovador, quando for o caso.

Uma das principais ferramentas para se fortalecer a imagem corporativa é o uso adequado, coerente e sistemático de uma boa identidade visual.

Restaurantes devem apostar em uma identidade visual marcante para atrair clientes

Cuidado: pão quente derrete corações.” Quem compra pão no Empório Jardim, misto de padaria, bistrô e delicatessen no bairro Jardim Botânico do Rio de Janeiro sai com uma embalagem com a simpática frase debaixo do braço.

No Empório Jardim, o pão, a geleia e os macarons vêm em embalagens com frases simpáticas como “Eu só quero adoçar o seu dia” - Fonte: OGlobo.
No Empório Jardim, o pão, a geleia e os macarons vêm em embalagens com frases simpáticas como “Eu só quero adoçar o seu dia” – Fonte: OGlobo.

Já no Reserva T.T. Burger, o saco da batata frita ostenta os dizeres engraçadinhos “Estamos fritas” ou “Fritas com amor”.

tt-burguer
“Estamos fritas” – frase divertida nos sacos de batatas fritas do T.T. Burger, no Rio de Janeiro. Foto: Divulgação.

Estes pequenos detalhes fazem a diferença junto aos clientes e mostram a importância de uma identidade visual caprichada na hora de captar e fidelizar clientes.

Mas, se você ainda se questiona do por quê é necessário um restaurante ter uma identidade visual caprichada, aí vai a explicação: vivemos em uma sociedade de consumo extremamente exigente com relação à qualidade e ao custo-benefício dos produtos, independentemente de sexo, classe ou credo.

Desta forma, ter bons produtos (independente do segmento de mercado) e bons preços não é de modo algum certeza de sucesso, principalmente quando tratamos de restaurantes, onde a concorrência é acirrada, com muitos estabelecimentos de qualidade. Por isso, é preciso se diferenciar e apostar em uma forte presença da identidade visual para que o restaurante seja lembrado rapidamente e os clientes desejem saborear seus produtos.

Com isso, a criação da identidade visual de um restaurante torna-se algo centenas de vezes mais complexo que simplesmente arrumar alguns produtos num certo espaço, contratar alguns funcionários e colocar uma placa na entrada.

Para conhecer como utilizar o material impresso no seu restaurante, veja nosso outro post.

Publicado em

Cartões de celebridades

Como Albert Einstein e Houdini se apresentavam? Você já parou para pensar nisto? Em uma época sem Facebook ou Linkedin, o cartão de visita era mais que fundamental e dizia muito sobre a pessoa.

Pela internet há imagens de cartões de visitas de celebridades. De Freud a Lady Gaga, curiosos ou sérios, os cartões nunca saem de moda. Confira.

 

Neil Armstrong – astronauta

armstrong
[via Top Design Mag]

Arnold Schwarzenegger

arnold
[via Top Design Mag]

Isaac Asimov – escritor e bioquímico

asimov
[via Fuck Yeah Manuscripts]

Fidel Castro

castro
[via Top Design Mag]

Edward Ruscha – artista americano (o cartão ensina a pronunciar seu nome)

ed
[via As We Go Along]

Albert Einstein

einstein
[via PSPrint]

Sigmund Freud

freud
[via Designer Daily]

Lady Gaga

gaga1
[via Lady Gaga]

Bill Gates

gates
[via Bit Rebels]

Harry Houdini – ilusionista

houdini1
[via Pinterest]

Steve Jobs

jobs
[via Top Design Mag]

Chuck Jones – diretor da Warner Bros

jones
[via Shrapnel]

Abraham Lincoln

lincoln
[via Streets of Salem]

Steve Martin – humorista

No cartão diz: “Certificado de que você teve um encontro pessoal comigo e que me achou acolhedor, educado, inteligente e engraçado.”

martin2
[via Shrapnel]

Barack Obama

obama
[via Top Design Mag]

Walt Disney

walt
[via Platypus Comix]

Andy Warhol – ícone da ‘pop art’

warhol
[via Letterheady]

William Carlos Williams – poeta e pediatra

william
[via Fuck Yeah Manuscripts]

Irmãos Wright – que compartilhavam até o mesmo cartão

wright
[via PSPrint]

Mark Zuckerberg

zuck
[via Bit Rebels]

Fonte: Flavorwire.

Publicado em

Cartões geram Credibilidade

Sua empresa precisa se apresentar bem para mostrar profissionalismo e credibilidade. É fundamental passar uma boa impressão e, para isto, cartões de visita informativos e de qualidade irão te ajudar muito a ganhar novos clientes e manter os atuais.

Veja algumas dicas de cartões de visita para deixar sua marca em evidência.

Tenha um cartão que gere impacto

Tenha uma marca e um cartão que sejam impactantes e que transmitam rapidamente a personalidade e a finalidade de sua empresa, produtos e serviços.

Vale a pena investir em uma marca e cartão fortes. Então confie esse trabalho a um profissional de designer que saiba criar algo que marque sua empresa e fique na cabeça das pessoas como referência em um determinado assunto.

Cartões-visitas

Informações que seus clientes devem saber sobre sua empresa

Um cartão de visita é um pequeno documento que deve conter todas as informações necessárias de sua empresa. Ele deve ser informativo o suficiente para que seus potenciais clientes encontrem facilmente sua empresa.

Assim, inclua todas as informações fundamentais de contato e tome cuidado para não colocar dados em excesso e inúteis que irão atrapalhar. Formas de contato como e-mail, telefone, Skype, além de endereço e o slogan da sua empresa é o suficiente para que seus clientes encontrem você.

Cartões-visitas

Use QR Codes

QR Codes é uma tecnologia nova e que os novos celulares já estão aptos a usarem. Com ele, você digita o código que um leitor de infravermelho lê e depois pode acessar todas as informações de sua empresa e serviços de forma mais ampla.

Se o espaço do cartão é pouco, o QR Codes chegou pra dar um espaço a mais em ambiente virtual.

Cartões-visitas

Cuidado com as cores

Menos é mais, já dizia Ludwig Mies sabiamente. Às vezes, achamos que o uso de muitas cores em um cartão o fará mais bonito e apresentável, mas nem sempre é assim.

Cores demais podem dar a sensação de algo muito amador. Se a ideia era ser mais profissional, então prefira a simplicidade e opte por um preto e branco ou no máximo 3 cores. Isto dará um toque mais refinado a seu cartão e um visual mais elegante para se apresentar aos seus clientes.

Cartões-visitas

Espessura, bordas e cortes

A espessura de um cartão de visita é algo que está sendo cada vez mais importante: quanto mais espesso, melhor ele é. Indica-se papel Couchê de 250 a 300 gramas como os melhores.

Cuide com as bordas. Tenha cuidado de manter todas as informações de seu cartão dentro da margem de segurança, ou seja, mais centralizado e longe das bordas, assim você evita de que na hora da impressão suas informações sejam cortadas.

E também fique atento às facas, utilizando-as com cuidado, já que não são todos os cartões que ficam com uma ideia interessante e profissionalmente convidativa com cortes aleatórios. Pense bem no formato ideal para sua empresa. Muitas vezes o tradicional retangular será a melhor escolha.

IMAGENS

Cartões-visitas

Cartões-visitas

Cartões-visitas

Tamanho

Existem 2 tamanhos universais: o padrão americano, no tamanho 8 x 5 centímetros e o padrão brasileiro, no tamanho 9 x 5 centímetros.

O padrão americano é preferido por alguns devido a ser menor e mais compacto, similar ao tamanho dos cartões de crédito, o que ajuda a guardar melhor em carteiras ou porta cartões. No entanto, há aqueles que não abrem mão do espaço e preferem o tamanho padrão brasileiro, para melhor espaçamento e distribuição de caracteres.

Cartões-visitas

Publicado em

Arquivos gráficos para impressão

Quem vê belos anúncios em revistas ou publicações não imagina que a impressão pode ter dado um toque mais refinado a todo trabalho gráfico e de design.

A impressão tem papel importantíssimo na hora de apresentar bem um trabalho publicitário ou qualquer tipo de material gráfico. E para que o trabalho de um cliente fique perfeito, é importante que alguns cuidados sejam tomados para que a arte não seja comprometida.

Assim, neste artigo falaremos de 8 dicas principais para não errar com arquivos gráficos a serem impressos e ter um resultado satisfatório.

 

1. RGB não é o mesmo que CMYK

Pode parecer óbvio, mas há muitas empresas que ainda se confundem e erram feio na hora de produzir trabalhos gráficos, porque foram feitos pelas cores RGB (Red, Green, Blue) ao invés da CMYK (Cyan, Magenta, Yellow e Black).

Nunca se esqueça: RGB sempre será o padrão de cores da tela do seu computador e o CMYK será sempre o padrão de cores utilizado em qualquer material impresso.

Então se a dúvida e a confusão aparecer na hora de definir as cores escolha ir pela dica do uso do Pantone, pois ele possui várias escalas cromáticas e devidamente organizadas, de modo a você saber qual a cor que deverá ser usada e impressa, mais próxima da tela do computador.

Enviar-arquivos-para-impressao

 

2. Escolha o material correto para sua impressão

Se você irá imprimir um currículo, uma folha de sulfite A4 comum pode servir, porém se a ideia é fazer 100 cartões de visita ou 1000 flyers de divulgação de um evento, este não é o material ideal.

Escolha o material certo para cada tipo de material ou arte gráfica: para trabalhos que utilizam cores vivas e brilhantes, como flyers, o papel Couchê 250 gramas, colorido, com acabamento em verniz UV total brilho é o mais indicado para deixar a impressão sofisticada. Já para cartões de visita, o papel Couchê Brilho 300 gramas com ou sem laminação pode tornar sua apresentação VIP.

Então, analise e saiba escolher o material, pois o seu trabalho final também será definido por ele.

 

3. Use softwares originais e de qualidade

Se você é um profissional, sabe que esse negócio de usar softwares piratas é só dor de cabeça. Portanto, invista em softwares conhecidos e de qualidade como Photoshop, Illustrator, Indesign, entre outros.

Softwares originais oferecem garantia para eventuais problemas, além de vir com uma suíte de benefícios para um melhor desempenho na hora de trabalhar e com um resultado final mais atraente.

 

4. Pixels X Centímetros

Este ponto tem a mesma situação do RGB X CMYK. Pixels são as medidas da tela do computador, porém na hora de imprimir, a medida sempre será em centímetros.

Então, faça os cálculos de impressão corretos, de modo a ter um bom trabalho de qualidade, com o tamanho desejado, em centímetros.

Enviar-arquivos-para-impressao

 

5. Marcas de registro

Aí está um problema que pode comprometer toda uma arte: as marcas de registro, ou seja, as marcas onde deverá haver uma faca ou um verniz, como margens, sangria, além de alinhamentos e outras especificações.

Antes de enviar para impressão, certifique-se das margens e não se esqueça de definir bem os limites da arte para após a impressão o material fique do jeito que você pensou e criou.

Para verificar margens e sangria, veja nosso post anterior.

 

6. Organize os arquivos e envie para impressão

Depois que você terminou a criação da arte gráfica e está tudo perfeito, é hora de organizar todos os arquivos: arte final, imagens e fontes utilizados devem estar bem identificados para que a pessoa que receber os documentos saiba o que utilizar corretamente.

 

7. Escolha o processo de impressão mais adequado ao seu trabalho

Existem vários processos de impressão, desde um offset, a laser, até a flexografia e serigrafia.

Uma das formas mais utilizadas para impressão é o sistema offset. Utilizado para impressões de grande e média quantidade, o offset oferece uma boa qualidade e é feito com grande rapidez. A impressão offset é indicada para cartazes, livros, folhetos, folders, flyers, etc.

Uma impressão diferenciada utilizando uma tinta sensível à luz ultravioleta é a impressão UV, que permite uma maior versatilidade de materiais para se imprimir e fica ótimo para cartões de visita, por exemplo, que mantém uma alta resolução.

Analise qual o tipo de impressão mais adequada a seu trabalho, levando em consideração a finalidade dele.

 

8. Envie seus arquivos sempre prontos para gráfica

A última dica é primordial para garantir a arte final e a qualidade do seu trabalho.

Envie arquivos fechados para a gráfica, ou seja, em GIF, JPG, PNG ou PDF, que não podem ser editados para, assim, garantir a confiabilidade e a inviolabilidade de seu arquivo, sendo impresso apenas aquilo que você solicitou.

Além disso, escolha uma gráfica com referências e de credibilidade para evitar problemas no material final.

Publicado em

Cartões de visita minimalistas

Ter um cartão de visita atraente é parte integrante de uma marca e com tantos modelos disponíveis fica, muitas vezes, difícil elaborar um cartão que se destaque.

Algumas marcas preferem a abordagem minimalista, que vamos comentar neste post.

Os cartões de visita com design minimalista utilizam poucas cores e elementos, mas têm um acabamento elegante e luxuoso.

Não importa qual profissão ou empresa é a sua, de médico a fotógrafo, o estilo minimalista se adapta a qualquer tipo de negócio e mantém a informação clara e direta, transmitindo confiança e responsabilidade.

Separamos alguns modelos para inspiração. Confiram!

1. Pessoal – Adams

2. Cerejas sem caroço – Pitted Cherries e Noeeko

3. Artigos de papelaria – PERCONTE

4. Fotógrafa Brenda Cantu – por Claudia Sofia Llaguno

5. Fotógrafo – do designer Markus Tsang

6. Cartão com borda pintada – de Saulius Dumbliauskas

7. Cartão de negócios – Lagoo

8. Valencia – de ANZPIXEL

9. Marca própria de Raymond Tan

10. Pessoal – de Ryan Ceazar Santua

11. Pessoal – de Janne Koivistoinen

12. Style America – de Shafeez Walji

13. NVX Laboratories – de Adams e Oanna TO

14. Lines & Dots – de Melody Shar

15. Gift & Boxlt – desenhado por Martina Obertová

16. ô Bar – de Martin Knupfer

17. FF&F – de Emanuele Cecini

18. Cartão de fotógrafo desenhado por Mihai Ursu

19. Cartão desenhado por projectGRAPHICS

20. Steven Whiteley: Contrutor – por Erich Hartmann