Publicado em

Conheça o Acabamento Soft Touch e incremente o seu impresso

O trabalho de realizar marketing com impressos é muito mais do que apenas desenvolver uma arte, enviar para a gráfica e receber a impressão. Além de todo o planejamento adequado para que o design tenha a ver com a marca e seja atrativo para o leitor, existem outras etapas muito importantes no processo de impressão do material – e que podem fazer a diferença entre o sucesso e o fracasso de uma campanha.

E um dos passos mais determinantes acontece na pós-impressão: o acabamento – ou finalização. Existem diversos tipos de acabamento que atendem a todos os gostos e objetivos para aquela determinada empresa e campanha, sendo necessário bastante cuidado ao escolher aqueles que pretende usar. Muitas vezes eles possuem também a função de proteger o material. E as opções mais comuns costumam ser o envernizamento, a laminação, o refile e o hot stamping, entre outras.

No entanto, como todo segmento, o mercado gráfico também evolui. Todo ano temos novidades e tendências surgindo, se firmando ou sumindo, e aqui não é diferente. Na hora de finalizar o material impresso com um acabamento de primeira, também temos inovações aparecendo de vez em quando. E a bola da vez é o Soft Touch.

O Soft touch: acabamento em veludo

A opção pelo acabamento em Soft Touch visa trazer ao material um toque de veludo. Ele é bastante semelhante à laminação no estilo BOPP fosca: nela, se aplica uma película plástica fosca para revestir o impresso, trazendo uma maior sofisticação aos olhos e ao toque. A diferença é que, nesse caso, a película trará uma sensação aveludada.

O Soft Touch é justamente uma forma de laminação fosca, com a diferença que o filme plástico aplicado promove um toque suave de veludo ao papel revestido. E essa forma de acabamento pode ser usada com sucesso em cartões de visita, cartões postais, panfletos, flyers, folders, embalagens, catálogos, revistas, etc. Ele é bastante versátil e garante sofisticação ao material.

Por que escolher o Soft Touch?

Mas quais as vantagens em usar o Soft Touch na sua campanha de marketing com impressos? Para começar, naturalmente, um revestimento em plástico como esse traz maior proteção ao material: contra sujeira, poeira e até mesmo respingos de água.  A durabilidade também fica bem maior contra o desgaste natural e o produto acaba mais resistente contra possíveis rasgões, riscos e atritos.

Outro benefício que se adquire ao escolher usar o acabamento Soft Touch é a grande valorização das cores escolhidas que ele traz – o revestimento plástico ajuda a realçar as tonalidades. Ainda ganha-se um efeito super fosco no impresso, já que ele apresenta essa característica com ainda maior intensidade que a laminação BOPP comum.

***

Após realizar todo o planejamento, definir artes e terminar a produção, chega a hora de escolher a gráfica que vai imprimir o seu material. E ela faz toda a diferença para o acabamento e para o resultado final: sempre procure uma empresa de confiança, que garante a qualidade esperada e ainda ajude com dicas para todo o processo. Tudo para que o produto seja entregue exatamente do jeito que foi pedido.

Venha conhecer a MediaTall, a gráfica que imprime em até 24 horas para você!

Publicado em

Os Impressos que todo E-commerce deveria utilizar

Com o avanço da tecnologia, as empresas vêm migrando cada vez mais para o ambiente virtual. Muitas vezes, já não há a necessidade de manter um escritório físico, podendo se posicionar apenas na internet, e com resultados até melhores por haver a economia com aluguel ou compra de espaço.

E não é diferente com a área do comércio. Sem precisar mais de lojas físicas, muitos já mudaram para lojas online por economia ou praticidade – ou até mesmo já nasceram diretamente posicionados como e-commerce. Mas, só porque está presente prioritariamente na web, não significa que o seu negócio também não possa fazer uso de materiais impressos.

Afinal, a cada entrega de produto que o seu e-commerce realize, é possível aproveitar para chamar atenção para outros que você disponibiliza – ou ainda para promoções, oportunidades e marcas parceiras, entre outras opções. Por isso, saiba o que pode fazer para incluir impressos na sua loja virtual.

Informativos

Seja através de um simples panfleto ou um folder mais elaborado, informar o cliente que comprou com você de outras possibilidades que sua empresa oferece é sempre válido. Você pode enviar junto a embalagem informações de produtos similares que possam ser do interesse, ou ainda itens que estejam em promoção – ainda mais interessante na proximidade de datas comemorativas como Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal.

O panfleto (ou folheto) tem menos espaço, exigindo que a comunicação seja mais direta e curta. Apenas imagens com uma pequena descrição dos produtos, além dos preços, é claro, já bastam.

Já no folder, que funciona como um pequeno livreto de três dobras e contém mais espaço, é possível desenvolver mais: seja com mais opções de compra para o cliente ou explicando melhor cada item divulgado, bem como falar sobre outras ações da empresa, como a responsabilidade sócio-ambiental, por exemplo.

Descontos

Também é interessante apresentar, por exemplo, descontos para o cliente que já fez a compra com você. Assim, cresce a possibilidade de fidelização, fazendo com que ele possa se tornar um consumidor fixo do seu e-commerce.

A medida pode ser tomada enviando um flyer dentro da caixa do produto, contendo um código para desconto a ser inserido na próxima compra em sua loja virtual. Também pode ser incluído no panfleto ou folder descritos acima.

 

Além dos materiais citados, dependendo do segmento que você atua, pode também enviar um marca livros, um catálogo de todos os seus serviços, um calendário se for início do ano, um cartão de visitas ou até um imã de geladeira com seu telefone ou contato rápido, entre outras opções.

O Diferencial

Seja como for, enviar um material impresso junto ao produto que foi adquirido já o marca como diferencial em relação a outros e-commerces. A maioria da concorrência costuma só enviar o objeto de compra e a nota fiscal ao cliente, perdendo a oportunidade de criar uma ligação maior com ele.

 

 

Ao escolher os impressos que deseja produzir para enviar, procure sempre uma gráfica de confiança. Além de garantir o resultado final que você deseja, ela também pode auxiliá-lo nas melhores maneiras de fazer o que tem em mente, com dicas para garantir uma impressão de qualidade.

Para saber mais, acesse www.mediatall.com.br e conheça melhor a gráfica que entrega em até 24 horas para você!

Publicado em

Mensagem de Natal da Mediatall para Você!

O tempo passou voando em 2015 e já estamos no Natal. O clima de fim de ano deixa a todos nós mais felizes, com a perspectiva de uma semana recheada de festas e confraternizações, muita união, alegria e, é claro, uma pausa para descansar e relaxar ao lado de familiares e amigos.

E o ano passou também muito rápido para a MediaTall. Ainda assim, não dá para deixar de lembrar de tudo de bom que aconteceu conosco. E nada disso seria possível sem a ajuda de todos que participaram da nossa empreitada em 2015: colaboradores, funcionários, fornecedores, clientes, parceiros, enfim… todos que fizeram parte da nossa vida!

A MediaTall deseja um excelente Natal a todos vocês. E que seja com muito amor, paz, harmonia e alegria, encarnando o verdadeiro espírito natalino para que comecemos em breve uma nova temporada com o pé direito!

Obrigado a todos e Feliz Natal!

Publicado em

Como Escolher sua Gráfica.

Gráfica Online saiba como escolher corretamente.

Gráfica Online e suas vantagens.

Você já pensou em utilizar os serviços de uma gráfica online? Pois é! Geralmente, somos reticentes quando pensamos em adquirir produtos por meio da internet. Todavia, os meios estão cada vez mais seguros e a comodidade que este tipo de serviço oferece é um diferencial incontestável!
Pensando nisso, a gráfica online oferece um serviço rápido e, principalmente, seguro, a fim de que você faça os seus pedidos direto do conforto de sua casa. Assim, diferentemente da gráfica offline, onde você precisa solicitar o seu pedido pessoalmente, deslocando-se e principalmente perdendo tempo, a gráfica online garante o seu produto finalizado em até 24 horas, fazendo com que você tenha total comodidade quando efetuar sua compra.
Por isso, para que seu serviço seja realizado com sucesso, fique atento ao escolher sua gráfica online, dê preferência para aquelas, como a Mediatall, que realizam o trabalho com qualidade, eficiência e responsabilidade.
A Mediatall é a única gráfica online com qualidade reconhecida a mais de 10 anos, tendo o melhor atendimento e os melhores serviços em materiais gráficos.
Por isso, pensando em tornar a sua escolha mais fácil, segura e tranquila, a Mediatall apresenta para você dez dicas que vão lhe ajudar a escolher uma gráfica online de qualidade e que cumpra com tudo o que foi prometido.

Confira nossas dicas:

1 – Não seja impulsivo na hora de comprar

As gráficas online oferecem descontos atrativos, mas, antes de cadastrar seus dados e usar o seu cartão de crédito, é melhor analisar com calma. Além disso, desconfie de ofertas mirabolantes e, sempre, compare os preços com os de outras gráficas online.

2 – Conheça o fornecedor

No próprio site da gráfica online, procure por informações como: CNPJ, endereço, telefone e e-mail, pois essas informações podem evidenciar que a loja atende aos padrões governamentais e, portanto, tende a ser segura.

3 – Pesquise a opinião de outros consumidores

Procure saber a opinião de outras pessoas que já adquiriram os produtos da gráfica online que você está visitando. Sites como Reclame Aqui e as redes sociais podem ajudar você a ter uma ideia do serviço da gráfica.

4 – Confira a segurança eletrônica da gráfica online

Para ter certeza de que a gráfica online é confiável, somente finalize suas compras quando o endereço eletrônico estiver iniciado pela sigla “https” e quando exibir no navegador um ícone em forma de cadeado colorido e fechado. Ao clicar em cima do cadeado, deve aparecer o certificado de segurança do site.

5 – Verifique a confiabilidade do produto

Leia atentamente todas as descrições e as especificações de cada material gráfico. Além disso, você também poderá pedir uma amostra grátis para se certificar da qualidade do produto que você gostaria de solicitar o orçamento.

6 – Faça a comparação dos preços

Saiba identificar a faixa de preço padrão do produto que você procura, tanto na gráfica online como na gráfica offline. Por esse motivo, desconfie se os descontos ofertados pelos sites forem incompatíveis com o preço padrão.

7 – Confira as formas de pagamento

Esteja sempre atento com as condições de pagamento e verifique quais são as opções que possuem juros inclusos. Desconfie se a única forma de pagamento for o depósito em conta corrente ou em conta poupança, principalmente quando for destinado a pessoas físicas. Caso o produto adquirido não seja entregue e o fornecedor recuse o contato do consumidor, é possível efetuar o cancelamento da compra, isso se o cartão de crédito tenha sido utilizado como forma de pagamento. O cancelamento deverá ser solicitado à administradora do cartão de crédito.

8 – Fique atento às condições da entrega

O prazo de entrega sempre deverá ser informado pelo fornecedor, uma vez que no Estado de São Paulo existe uma lei que determina que o fornecedor sempre deve dar a opção ao consumidor de escolher a data e o turno adequado para a entrega de seu produto. Muitas vezes o custo do frete não está incluso no preço do produto e o consumidor deve ficar atento aos valores corretos.

9 – Verifique o atendimento e suporte para o seu material gráfico

Verifique se a gráfica online possui um atendimento efetivo no momento em que você for solicitar o seu material gráfico, pois muitas vezes é necessário que, além do material, você precise do desenvolvimento da arte gráfica. É de extrema importância que a gráfica online tenha sempre à disposição o suporte necessário para atender ao consumidor e suas possíveis necessidades.

10 – Verifique se a gráfica online possui retirada no balcão

Observe se a gráfica online tem a opção de retirada no balcão, caso você desconfie desta opção, você poderá comparecer na empresa e retirar o seu material gráfico, o que aumentará a sua segurança na hora de efetuar uma nova compra.

E agora, está mais seguro para escolher a sua gráfica online? Acesse nossa loja virtual: Mediatall

Publicado em

Crie um folder atrativo

O folder é um material bastante procurado para divulgação corporativa, principalmente em feiras e eventos. A Agata Yamashiro, do Des1gn’ON, indicou 5 dicas bem interessantes para criar um folder atrativo e que apresente bem sua empresa. Confira.

5 dicas para fazer uma boa divulgação com folder

22

1. Facilite a vida do leitor e dê o que ele quer

Organize as informações na ordem de leitura, ou seja, a informação deve se desdobrar na ordem certa do folder.

Comece analisando o que o leitor quer saber. Um jeito fácil de fazer isso é através da avaliação da forma de como as perguntas do leitor irá surgir. Seu folheto deve responder às perguntas em uma seqüência lógica e seguir a linha de pensamento do leitor.

Uma boa maneira de organizar as informações do seu folder é anotar as perguntas que você acha que seu cliente poderia fazer e assim respondê-las na sequencia do folder.

2. Motivar o leitor ir além da capa

Não cometa o erro comum de colocar seus serviços logo de cara. Pense em frases chamativas, afirmações que instigam, capazes de motivar o leitor a pegar o folheto e abri-lo.

Uma boa seria adicionar algum tipo de splash dando a entender que dentro do folder terá algo que irá agradar: um convite exclusivo, um desconto especial ou comunicação prévia das vendas. Não se sinta tentado a colocar apenas o logotipo de sua empresa ou nome do produto na frente. Não vai funcionar. Seja criativo e inovador na capa!

3. Faça o leitor querer guardá-lo com ele

Colocar uma informação útil no folder irá incentivar o leitor a guarda-lo com ele, ou melhor ainda, até passá-lo para outras pessoas.

Por exemplo, se você está vendendo esmaltes, pode dar dados interessantes como esquemas de cores, desenhos que podem ser feitos, dicas profissionais, entre outros. Se você estiver vendendo produtos de cuidado com a pele, você pode dar a seus leitores dicas sobre como combater espinhas, como limpar a pele, e assim por diante.

4. Dê as direções

Cada folder deve ser organizado de modo que o leitor pode folhear as páginas e encontrar facilmente o que eles querem.

Forneça sinalização clara e manchetes em todo o folder para ter a certeza que página diga um: “Ei, preste atenção em mim, estou aqui!”

5. Diga ao leitor como resolver seus problemas

É comum que as pessoas falem muito sobre a empresa, mas não se empolgue muito com seus próprios interesses. Fale sobre o seu leitor, não a si mesmo.

Vamos ao exemplo: aqui estão as primeiras palavras em um folheto de uma companhia de seguros de venda:

“O seguro é um negócio complicado. Nossa empresa foi criada em 1975 para ajudar nossos clientes a lidar com o processo de encontrar o seguro adequado às suas necessidades. Nos últimos 20 anos temos vindo a vender seguros para uma ampla gama de clientes de diversos setores da vida. Reputação da nossa empresa é insuperável na indústria…”

Com este texto, pode ter certeza que muitas pessoas nem terminaram de ler. Pare de contar muito sobre si mesmo e diga como a empresa pode ajudar a resolver os problemas dos clientes. Isto é vender adequadamente seu produto, com uma mensagem clara e direta.

Publicado em

A evolução do Designer

A evolução do Designer Gráfico.

Ao longo dos anos, o ser humano tem procurado registrar todas as suas ideias, conceitos e informações por meio de imagens visuais. Desde a pré-história fica muito evidente o quanto os homens buscavam desenvolver a comunicação visual.

As imagens na pré-história variavam entre a marca de uma mão na parede, animais de diferentes formas, algumas palavras, números etc. Todavia, o importante é saber que mesmo com o passar dos séculos, essa vontade do homem de registrar sua comunicação visual não se perdeu no tempo, muito pelo contrário, ela cresce cada vez mais ao longo dos anos.

Com a invenção das diversas tecnologias, tudo isso foi ficando cada vez mais fácil e acessível para todos. Com o surgimento das escribas, impressoras e profissionais qualificados, as imagens e os conceitos foram se tornando cada vez melhores, com diversas formas, cores e a criatividade de cada um.

Atualmente, o Designer Gráfico desempenha um papel fundamental em muitas empresas, agências e em diversos meios. Graças ao desempenho de muitos profissionais, das tecnologias que aprimoram seus trabalhos e da criatividade, podemos contar com diversas artes gráficas, as quais já se tornaram indispensáveis em qualquer trabalho impresso ou online.

Por isso quando precisar de um trabalho com qualidade profissional e impressão pode contar conosco, acesse nossa loja virtual: Mediatall

Publicado em Deixe um comentário

O Designer Gráfico

A importância do Designer Gráfico.

Você conhece a profissão de Designer Gráfico? Que tal conhecer um pouco mais sobre ela?

O profissional de Designer Gráfico existe há vários anos, porém, nestes últimos tempos ele tem ganhado cada vez mais espaço no mercado de trabalho. Isso acontece graças ao surgimento constante de novas mídias, tecnologias e a necessidade de ampliar os canais da comunicação.

A principal função de um Designer Gráfico é a de interpretar graficamente um conjunto de ideias. Além disso, o profissional também pode desenvolver o visual de revistas, jornais, livros, anúncios, outdoors, além de criar logotipos para firmas individuais para facilitar a leitura e, principalmente, torná-lo atrativo para os públicos.

Como podemos notar, o campo de trabalho para um Designer Gráfico é muito rico. Ele pode atuar em agências de publicidade, cinema, televisão, editoras, criação de diversos logotipos, produção de audiovisuais, projetos de produtos, trabalho com animações, produção de desenhos técnicos, produção de ilustrações, gerenciamento de produtos indústrias, empresa de designer e muitas outras oportunidades.

Para se tornar um Designer Gráfico, não é totalmente necessário que se tenha uma graduação. Mas, se você quer ser um profissional mais qualificado, é interessante ingressar em um curso de Comunicação Visual, Desenho Industrial ou, até mesmo, o próprio curso de Designer, que pode ser encontrado em diversas universidades brasileiras. Além da qualificação será adquirida uma graduação que irá aumentar as chances e oportunidades de ingressar com mais facilidade no mercado de trabalho.

As características principais que este profissional deve ter são de ser sempre muito observador, criativo em suas ideias, ser ousado, possuir sensibilidade artística, concentração, detalhista, capacidade de análise, estar sempre disposto a ouvir críticas e novas ideias, habilidade para desenhar e procurar sempre ter um ótimo trabalho em equipe. Entretanto, muitas dessas qualificações o profissional só conseguirá por em prática quando exercer a profissão.

Infelizmente, a profissão de Designer Gráfico não é regularizada no Brasil. Apesar da legislação permitir que qualquer pessoa exerça a profissão, grande parte dos profissionais optam em fazer um curso de graduação na área. Mesmo não sendo regulamentado, isso não impede que a profissão cresça cada vez mais no país, principalmente no setor privado. Entretanto, por mais oportunidades que existam, a concorrência tem ficado cada vez maior, já que o aspecto visual é sempre o mais notado.

Veja nesse vídeo o que o designer gráfico faz. Vídeo muito bem elaborado que conta como funciona a profissão de designer gráfico.

Publicado em Deixe um comentário

Cartão de Visitas e o Networking

A importância do cartão de visitas para Network.

O cartão de visitas é algo muito importante e imprescindível para uma empresa. Mas por que ele é tão essencial? Simples. O cartão de visitas é uma maneira que todo profissional tem de mostrar quais são as impressões de sua empresa, é uma forma de fazer com que as pessoas sintam-se a vontade para estabelecer contato e descobrirem de maneira mais aprofundada quais são os serviços que a sua empresa tem a oferecer.

Entretanto, antes de criar o seu cartão de visitas e distribuí-lo para os seus contatos profissionais, é muito importante estar atento a algumas sugestões de como ele deve ser feito.

Primeiramente, é essencial se preocupar com o designer do seu cartão. Jamais o imprima em casa, ou seja, utilizando impressoras a jato. Procure sempre contratar um bom profissional em Designer Gráfico, que poderá montar um layout adequado ao seu cartão, desenvolvendo de maneira eficiente esta parte tão importante. Outro detalhe que jamais deverá ser esquecido é o de sempre manter o seu cartão com os dados atualizados, tais como telefone para contato, e-mails pessoais, endereço, e-mail e site da empresa. Rasurar ou dobrar as informações que estão desatualizadas passam uma péssima impressão do seu perfil profissional.

Não é necessário colocar todos os dados da empresa no cartão, como fotos ou os serviços oferecidos, mas apenas o logotipo e as formas de contato já são o suficiente. Caso o seu contato se interesse, ele entrará no site da empresa e ficará informado de tudo o que ela oferece. Lembrando que o objetivo do cartão de visitas não é divulgar a empresa, mas, sim, estabelecer uma forma de contato.

O seu cartão de visitas não deve ser entregue aleatoriamente, mas, sim, para pessoas que você realmente deseja manter contato profissional. O momento certo de entregar o cartão de visitas dependerá das circunstâncias em que você se encontra, caso esteja em uma reunião com várias pessoas, é sempre bom entregar o seu cartão no início da conversa, assim, todos saberão quem você é e qual é o seu papel dentro da empresa. Isso também é importante para que você saiba quem são as outras pessoas que você estará conversando. Mas, caso você esteja em um encontro com poucas pessoas, é fundamental entregar o cartão no final da conversa, pois se você entregar logo no início poderá dar a entender que você está se oferecendo de maneira muito antecipada. Procure carregar os seus cartões sempre em um lugar seguro, para que não amasse ou suje.

Agora que você já sabe todas as dicas e sugestões de como ter e lidar com um cartão de visitas, já poderá fazer o seu. Lembre-se que ele é a chave para manter contato com todos aqueles que querem se inteirar mais sobre a sua empresa e o seu perfil profissional.

Faça seu cartão de visita em 24h, acesse nossa loja virtual: Mediatall

Publicado em

Ecodesign: o Design Ecológico

O ser humano, até bem pouco tempo, não equacionava o ciclo que vida de um equipamento, produto ou objeto e os problemas que poderiam surgir a nível ambiental, desde a extração da matéria-prima até o resíduo. Mas, com as consequencias do desperdício e uso irracional dos recursos, aprendemos a reciclar, reutilizar e a reduzir, os princípios básicos da ecologia.

O termo ecodesign ou design ecológico, tem como principal objetivo promover o crescimento sustentável e o desenvolvimento ambientalmente consciente dos produtos, com preocupações ambientais em todas as fazes do processo de design: desde a metodologia projetual ao ciclo de vida do produto.

Sendo assim, o designer tem um papel importantíssimo no mundo atual e, além de ser criativo, ele precisa se preocupar em ser sustentável, tendo uma visão sistémica do ciclo de vida dos materiais produzidos.

Princípios do Ecodesign

1. Eficiência funcional e ambiental: os materiais devem ser produzidos para durarem mais tempo e a funcionarem corretamente, para que se reduza o resíduo provocado em caso de dano;

2. Escolha de materiais com menor impacto ambiental: matérias-primas menos poluentes, não-tóxicas, de produção sustentável ou reciclados, e que utilizem menor energia possível para a fabricação;

3. Utilização de recursos renováveis;

4. Criação de produtos com uma desmontagem simples: isto facilita a substituição de peças, em caso de defeito, utilizando peças reutilizáveis e recicláveis;

5. Antes de criar qualquer peça pensar no 3Rs: reutilização, reciclagem, redução.

Ecodesign: inspiração

Para inspirar você nas suas próximas criações, selecionamos alguns materiais publicitários que seguem a tendência do ecodesign e ficaram atrativos para os clientes, passando uma imagem de sustentabilidade e empresa responsável ambientalmente. Confira:

Flyers

Que tal apresentar seus serviços de forma diferenciada?

Foi o que fez a Consulai – Calculadora de Carbono, com o design da Add Comunicação. Com o intuito de abordar as temáticas da agricultura sustentável, da pegada de carbono e calculadora de carbono (serviço recente), a Consulai e a Add desenvolveram o Flyer Calculadora de Carbono, em tons natureza e em papel reciclado. O Flyer Calculadora de Carbono é uma peça que se destina a comunicar com clientes, parceiros e fornecedores, atuais e potenciais, permitindo um envio personalizado para estes.

Flyers em papel reciclável, ficam bonitos e sustentáveis.

Os flyers também podem se tornar um catálogo ou portfólio, quando unidos de forma criativa.

Cartões de visita

Jamie Wick criou este cartão de visita diferente, que quando em contato com água, após alguns dias, o cartão “germina”, graças às sementes de plantas que existem em seu interior. A mesma estratégia (das sementes) pode ser utilizada em flyers, panfletos e crachás de eventos, por exemplo. Abaixo outro exemplo de cartão de visita ‘pacotinho’ de sementes.

A utilização de papel reciclado nos cartões de visita já é comum. Tem design bem rústico ou bastante elaborado, depende do estilo da empresa, profissional e a mensagem que a marca deseja passar.

Folders

Os folders também ganharam suas versões ecológicas. Ações ambientais são super divulgadas neste tipo de material impresso.

Outros materiais impressos

Além disso, ideias criativas não faltam, como a embalagem de pizza que se torna o próprio prato, criada pela GreenBox. A caixa vem com partes destacáveis que facilitam o consumo. A tampa é facilmente dividida em quatro para ser usada como prato. E o espaço da caixa onde estavam as fatias servidas pode ser transformado em uma nova tampa. É só destacar dois pedaços da lateral da caixa original. O material utilizado é o papelão marrom, dessa forma é possível fazer a compostagem do produto em vez de descartá-lo da maneira convencional, pois não houve branqueamento com cloro nem uso excessivo de tinta. Se quiser entender melhor, veja o vídeo.

E uma ideia super criativa é transformar os rolinhos do papel higiênico (isto mesmo!) em pacotinhos de presentes. Que tal?

São muitas ideias e peças que podem ser criadas, basta soltar a imaginação.

Origem Design Ecológico

A primeira manifestação do design ecológico, surgiu nos anos 70 na Europa, pelo visionário americano Victor Papanek, que no seu livro “Design for the real world”, expressou toda a sua preocupação sobre este assunto e a forma como o designer poderia contribuir para melhorar a relação homem – natureza.

Publicado em

Papel de Pedra

Dia 22 de fevereiro é o Dia dos Recursos Naturais Renováveis, data para relembrar a importância da preservação de nossas fontes. E o papel é originado de uma delas: as florestas plantadas para celulose.

Apesar da popularidade dos e-books para leitura online, os brasileiros ainda usam cerca de 10 milhões de toneladas de papel por ano e cerca de 40% de todo resíduo é reciclado (dados da Bracelpa de 2013), bons números comparado a outros países.

Mesmo que nossas fontes sejam renováveis, muitas empresas estudam alternativas, como a Repap (Paper lido ao contrário) de Hong Kong.

Voltando a idade da pedra

Já pensou em utilizar um papel de pedra? Pois foi isto que a Repap desenvolveu: um papel de carbonato de cálcio, subproduto do calcário.

O processo de fabricação leva apenas a pedra e polietileno, sem o uso de água ou ácidos, utilizado para o branqueamento, pois o calcário já é branco naturalmente.

O resultado é um papel mais resistente, durável, impermeável e macio, com a mesma aparência lisa e branquinha do papel tradicional.

O fabricante ainda afirma que a impressão tem menor custo, por ser mais eficiente e o Repap pode ser reutilizado, apagando seu conteúdo, ou pode ser jogado fora, pois é foto-biodegradável em 14 a 18 meses.

A Repap tem um vídeo sobre o produto, assista >>>

A OGAMI já está comercializando dois tipos de cadernos produzidos com o Repap. Um modelo colorido e mais informal, da Coleção Quotes, e o outro mais sóbrio, da linha Profissional.

E você, acha que a idade da pedra retorna com ares mais modernos?

Alternativas são sempre bem vindas para tornar o planeta mais sustentável! Vamos ficar atentos!