Guia Completo: como criar um Folder no Photoshop

O folder pode ser um importante aliado para a empresa que deseja realizar uma campanha de marketing. Por ter mais espaço que um panfleto comum, ele permite desenvolver melhor a informação a ser passada e torna todo o processo de comunicação mais completo.

Por essas e outras, é ideal para momentos de apresentação de novos produtos ou serviços ou até mesmo de todo um negócio que esteja se lançando no mercado. Embora muitos empresários acabem recorrendo à profissionais especializados para elaborar as artes, não é todo mundo que pode arcar com gastos do tipo. Mas, nem por isso a empresa de menor porte precisa ficar sem o seu material promocional.

Não é nada complicado criar seu próprio folder através do Photoshop – ou ferramentas de edição de imagens similares. Confira nosso guia completo e faça você mesmo o seu!

Criando o seu próprio folder no Photoshop

Assim como já ensinamos nos casos de flyers e panfletos, antes de tudo é necessário fazer o planejamento de marketing, elaborar estratégias de comunicação e definir a identidade visual. Também é preciso determinar quais informações vão aparecer no folder: o que será apresentado e, claro, alguns detalhes sobre a empresa – para o leitor saber de quem se trata.

O grande diferencial do folder é mesmo seu tamanho. Elaborado como um pequeno livreto, dobrado em três partes em forma de sanfona, ele permite informar mais a quem recebê-lo. Por isso, aproveite para divulgar uma quantidade maior de produtos ou foque bem nas histórias que deseja transmtir ao leitor sobre o seu negócio (em caso de reforço ou apresentação de marca). E, claro, fique ligado em algumas especificações importantes para criá-lo sozinho.

Tamanho

Os folders costumam ser feitos em papel A5 (15×21 cm) ou A4 (21×30 cm), mas também podem ser maiores, 30×42 cm, já que a folha será dobrada em três para formar uma espécie de livreto.

Fique atento ao que deseja e à quantidade de informações para escolher as dimensões ideais para seu objetivo.

Tipo de papel

O papel couché brilho, com gramatura de 150g, é o mais adequado para a impressão de folders promocionais. O material é revestido com dupla camada e brilho acetinado em ambos os lados. A textura é lisa e ele fica mais resistente, com imagens destacadas e cores bem vivas.

Cores

Por falar em cores, está aí um assunto importante para a criação de impressos promocionais no Photoshop. O padrão para impressões é o sistema CMYK – baseado em ciano, magenta, amarelo e preto. Assim, é possível assegurar que o resultado no papel será o mais parecido possível com o que está sendo feito no software no computador. Tudo porque esses programas de edição de imagens costumam usar o sistema RGB (vermelho, verde e azul), mas que é adequado apenas para visualização em telas. Então lembre de alterar o padrão de cores para CMYK ao iniciar o projeto.

Acabamento

É importante lembrar das margens e sangria, que podem ser colocadas diretamente no Photoshop. Outros tipos de acabamento precisam ser notificados à gráfica e delineados no design do folder.

Passo a passo no Photoshop

  1. Após abrir o Photoshop, vá ao menu ‘Arquivo’ e clique em ‘Novo’ para iniciar o seu novo projeto. Na caixa que se abre já é possível escolher o tamanho que deseja: troque a opção ‘pixels’ por centímetros e determine as dimensões de acordo com o que deseja para o folder (algo como 21 cm de altura por 30 cm de largura ou 30×42 se for maior, por exemplo). Em ‘resolução’, coloque em 300 pixels/polegadas para assegurar alta qualidade no resultado final. Ainda na mesma caixa, altere o modo de cores para CMYK para garantir a qualidade quando o material for impresso.
  2. Após clicar em ‘Ok’, você verá uma tela branca no tamanho que foi definido para o seu folder – ela deve ser um retângulo horizontal. É a partir de agora que você define o aspecto visual do material. Caso deseje alterar a cor de fundo da imagem, escolha a desejada com a ferramenta ‘balde de tinta’ para colorir o fundo. O primeiro passo deve ser a inserção das margens. Isso pode ser feito a partir do menu ‘Visualizar’, em ‘Réguas’. Pode escolher um número como 3 a 5 mm.
  3. O passo seguinte é a divisão da folha em três partes. Isso serve para indicar à gráfica onde devem ser feitas as dobras e para delimitar onde entra cada parte da arte e dos textos para você. Selecione a ferramenta de linha no menu de formas personalizadas (atalho U). Daí é só dividir a tela em três inserindo duas barras segurando a tecla Shift para que fique totalmente reta. Lembre-se de, antes de tudo, determina que informação vai entrar em qual parte, já que o folder fica com seis faces – três na frente e três no verso. Geralmente as partes da frente são o interior do folder.
  4. Nessa parte, coloque as informações destinadas para a parte de dentro. Geralmente mais conteúdo, como produtos/serviços ou a parte principal da história que deseja contar. Selecione imagens adequadas, e lance-as na folha em ‘Arquivo’ > ‘colocar incorporados’ ou ‘inserir’ – depende da versão do software que estiver usando. Ajuste seus tamanhos e posicionamento com a ferramenta Mover no menu lateral, usando Shift para não distorcê-las. Os textos podem ser inseridos com a ferramenta de texto, o grande T no menu. Pense bem em cada uma das três partes interiores do folder, usando bem a divisão das barras.
  5. Para construir o verso siga o mesmo procedimento do começo: Arquivo > Novo, mantendo as mesmas configurações. Você pode seguir os mesmos passos explicados mais acima para fazer a divisão em três partes. No verso, uma das partes do canto será a ‘capa’ do folder quando estiver dobrado como livreto, o que será visto primeiro pelo leitor – enquanto o meio vira a parte de trás do livreto e o outro canto fica no interior. Na capa, vale inserir o logotipo da empresa e outros detalhes que quiser, como um slogan que chame atenção para o conteúdo. Já no meio, onde será a parte de trás, pode colocar também a logo em dimensões menores e os dados de contato – como email, site, telefone, endereço e redes sociais da marca.
  6. Ao finalizar, vá em ‘Arquivo’ e ‘Salvar como’ para salvar as imagens – pode dar a elas o nome que quiser, como ‘frente’ e ‘verso’. Salve no formato JPEG, o mais usado para esse caso.
  7. Baixe nosso ebook Guia Prático para Fechamento de Arquivo para aprender direitinho e passo a passo a fechar seu arquivo antes de enviar para a gráfica!
  8. Com tudo feito, basta encaminhar ambos os arquivos finais fechados para a gráfica.

capaebookfechamento

Para fechar…

Viu como não é tão complicado fazer a sua própria arte e ter o folder que precisa para a campanha de marketing? Agora só falta um detalhe: enviar para a gráfica. E é um detalhe bem importante, já que faz toda a diferença na qualidade final da impressão

Procure uma gráfica de confiança sempre! Aproveite para conhecer melhor a MediaTall: acesse www.mediatall.com.br e saiba tudo que a gráfica que imprime em até 24 horas para você tem a oferecer!

banner-mediatall