Ecodesign: o Design Ecológico

O ser humano, até bem pouco tempo, não equacionava o ciclo que vida de um equipamento, produto ou objeto e os problemas que poderiam surgir a nível ambiental, desde a extração da matéria-prima até o resíduo. Mas, com as consequencias do desperdício e uso irracional dos recursos, aprendemos a reciclar, reutilizar e a reduzir, os princípios básicos da ecologia.

O termo ecodesign ou design ecológico, tem como principal objetivo promover o crescimento sustentável e o desenvolvimento ambientalmente consciente dos produtos, com preocupações ambientais em todas as fazes do processo de design: desde a metodologia projetual ao ciclo de vida do produto.

Sendo assim, o designer tem um papel importantíssimo no mundo atual e, além de ser criativo, ele precisa se preocupar em ser sustentável, tendo uma visão sistémica do ciclo de vida dos materiais produzidos.

Princípios do Ecodesign

1. Eficiência funcional e ambiental: os materiais devem ser produzidos para durarem mais tempo e a funcionarem corretamente, para que se reduza o resíduo provocado em caso de dano;

2. Escolha de materiais com menor impacto ambiental: matérias-primas menos poluentes, não-tóxicas, de produção sustentável ou reciclados, e que utilizem menor energia possível para a fabricação;

3. Utilização de recursos renováveis;

4. Criação de produtos com uma desmontagem simples: isto facilita a substituição de peças, em caso de defeito, utilizando peças reutilizáveis e recicláveis;

5. Antes de criar qualquer peça pensar no 3Rs: reutilização, reciclagem, redução.

Ecodesign: inspiração

Para inspirar você nas suas próximas criações, selecionamos alguns materiais publicitários que seguem a tendência do ecodesign e ficaram atrativos para os clientes, passando uma imagem de sustentabilidade e empresa responsável ambientalmente. Confira:

Flyers

Que tal apresentar seus serviços de forma diferenciada?

Foi o que fez a Consulai – Calculadora de Carbono, com o design da Add Comunicação. Com o intuito de abordar as temáticas da agricultura sustentável, da pegada de carbono e calculadora de carbono (serviço recente), a Consulai e a Add desenvolveram o Flyer Calculadora de Carbono, em tons natureza e em papel reciclado. O Flyer Calculadora de Carbono é uma peça que se destina a comunicar com clientes, parceiros e fornecedores, atuais e potenciais, permitindo um envio personalizado para estes.

Flyers em papel reciclável, ficam bonitos e sustentáveis.

Os flyers também podem se tornar um catálogo ou portfólio, quando unidos de forma criativa.

Cartões de visita

Jamie Wick criou este cartão de visita diferente, que quando em contato com água, após alguns dias, o cartão “germina”, graças às sementes de plantas que existem em seu interior. A mesma estratégia (das sementes) pode ser utilizada em flyers, panfletos e crachás de eventos, por exemplo. Abaixo outro exemplo de cartão de visita ‘pacotinho’ de sementes.

A utilização de papel reciclado nos cartões de visita já é comum. Tem design bem rústico ou bastante elaborado, depende do estilo da empresa, profissional e a mensagem que a marca deseja passar.

Folders

Os folders também ganharam suas versões ecológicas. Ações ambientais são super divulgadas neste tipo de material impresso.

Outros materiais impressos

Além disso, ideias criativas não faltam, como a embalagem de pizza que se torna o próprio prato, criada pela GreenBox. A caixa vem com partes destacáveis que facilitam o consumo. A tampa é facilmente dividida em quatro para ser usada como prato. E o espaço da caixa onde estavam as fatias servidas pode ser transformado em uma nova tampa. É só destacar dois pedaços da lateral da caixa original. O material utilizado é o papelão marrom, dessa forma é possível fazer a compostagem do produto em vez de descartá-lo da maneira convencional, pois não houve branqueamento com cloro nem uso excessivo de tinta. Se quiser entender melhor, veja o vídeo.

E uma ideia super criativa é transformar os rolinhos do papel higiênico (isto mesmo!) em pacotinhos de presentes. Que tal?

São muitas ideias e peças que podem ser criadas, basta soltar a imaginação.

Origem Design Ecológico

A primeira manifestação do design ecológico, surgiu nos anos 70 na Europa, pelo visionário americano Victor Papanek, que no seu livro “Design for the real world”, expressou toda a sua preocupação sobre este assunto e a forma como o designer poderia contribuir para melhorar a relação homem – natureza.