Cartão de Visitas e o MEI

Seja em grandes ou pequenas empresas, tradicionais ou novos empreendimentos, e também para micro empreendedores individuais – MEI, o cartão de visitas ainda é o item mais importante no mundo dos negócios. É ele quem abre as portas para novos contatos profissionais, servindo de canal para prospecção. Apresentar-se sem um cartão de visitas transmite a ideia de amadorismo e desorganização.

O primeiro contato que as pessoas terão com sua empresa será através desse material. Sendo assim, é imprescindível que ele tenha uma arte bonita e seja confeccionado em gráficas com impressão de qualidade. Se estiver com marcas de dobra e rasuras, transmitirá uma imagem de desleixo e poderá comprometer os seus negócios.

Agora que você já está ciente sobre a importância de se ter cartões de visitas, veja algumas dicas sobre quais informações incluir e quais são os momentos mais oportunos para entregá-lo.

Quais informações devo inserir?

O cartão deve ter um visual limpo e organizado, apresentando apenas as informações básicas de identificação e contato, isto é, seu nome completo, especialidade ou ramo de atuação, endereço, telefone fixo, celular, e-mail e website da empresa, se houver. É importante que o layout siga o padrão estabelecido para a identidade visual da marca, com as mesmas cores e fontes, de maneira legível. Caso já tenha sido criado um logotipo, ele também deve ser inserido no material.

Não use fotos e lembre-se que este não é um espaço para a descrição de serviços ou listagem de produtos. Para promover a sua empresa, invista em flyers ou folders, que são materiais específicos para este fim.

Dá para fazer em casa mesmo?

É necessário que o cartão tenha um aspecto profissional para transmitir credibilidade. Por isso, recomenda-se que ele seja confeccionado em uma gráfica especializada, com papel apropriado e impressão de qualidade. Cartões feitos de maneira amadora, em folha sulfite e impressora jato de tinta, passam uma ideia de descuido. Lembre-se que o cartão de visitas é o primeiro contato do seu possível cliente com a empresa e, sendo assim, é essencial impressioná-lo.

Jamais rasure o cartão. Em caso de alguma informação ter sido alterada, faça novos cartões ou será visto como relaxado e mau profissional. Caso as alterações tenham sido previstas, confeccione novas peças com antecedência e não tenha pena de descartar o antigo material.

Se possível, contrate um design para criar um modelo de cartão que combine com os serviços que você oferece. Ele saberá quais cores e formatos utilizar para impactar o seu público mantendo o bom gosto e a coerência com a sua área de atuação.

Prefira aqueles que caibam na carteira, que é onde provavelmente ele será guardado quando você entregá-lo a alguém. Para mantê-los intactos, sem dobras ou desgaste, sugerimos que você os guarde em porta cartões, que pode ser comprado em qualquer papelaria ou livraria.

Qual é o momento certo para entregá-lo?

Tudo depende das circunstâncias, mas não seja ansioso. Não saia distribuindo cartões aleatoriamente. A troca de cartões deve acontecer de forma natural, após algum tempo de conversa, quando ambos já tiverem se apresentado e falado a respeito do que têm a oferecer. Essa troca não precisa ficar restrita a encontros profissionais; você pode (e deve) oferecê-lo a qualquer pessoa com quem considere interessante manter contato, seja em um evento ou na padaria, banco, sala de espera, etc. Entregue o cartão com as informações viradas de frente para quem vai recebê-lo, a fim de favorecer a leitura.

Se é você quem está recebendo um cartão, é de bom tom lê-lo com atenção a fim de memorizar o nome do seu interlocutor. Jamais guarde-o sem ler, pois ficará parecendo que você está desinteressado. É muito válido fazer anotações no verso do cartão que lhe ajudem a lembrar de quem se trata ou até mesmo de partes importantes da conversa, principalmente se prometeu entrar em contato.

Organize os cartões que receber em um porta cartões, já que eles podem ser úteis no futuro. Contudo, nunca os misture com os seus, pois imagine como seria desagradável ter de procurar o seu cartão em meio a tantos outros. Ou pior, imagine se você der o cartão de outra pessoa involuntariamente. Isso certamente seria visto com maus olhos e seus esforços para prospectar clientes e parceiros seriam em vão.

Não menospreze a importância deste papel tão pequeno que pode apresentá-lo ao mundo dos negócios. Entre em contato conosco e peça já o seu cartão de visitas.